• Leonardo Cruz

A DIFÍCIL MISSÃO DO NOVO COMANDANTE

Atualizado: 7 de Jan de 2020


Foto: Reprodução



O ano de 2020 ainda nem começou, Tiago Nunes sequer foi apresentado oficialmente como novo treinador do Corinthians, mas já sabe que a nova temporada o colocará em seu maior desafio enquanto técnico de futebol.


Vitorioso em sua passagem pelo Athletico-PR, o jovem treinador não só ganhou títulos no time paranaense, como também implantou um estilo arrojado e moderno em sua equipe. Um futebol ofensivo, com muitas variações táticas e qualidade técnica, permitiram que Tiago fosse visto por muitos dentro do Corinthians, como um profissional capaz de modificar todo um estilo de jogo já enraizado no alvinegro.


Estilo este, extremamente vitorioso, que deu início em 2008 com a chegada de Mano Menezes e que proporcionou ao então rebaixado Corinthians não só a possibilidade de retornar à elite do futebol brasileiro, mas também a conquistar títulos importantes como alguns campeonatos nacionais, a Libertadores e o Mundial em 2012.


Mas como nem tudo acaba durando para sempre, mais de uma década se passou e após um período muito ruim no segundo semestre de 2019 sob o comando do jovem e também vencedor Fábio Carille, a Diretora do Corinthians resolveu modificar seu pensamento e deixar um pouco de lado esta filosofia de jogo que outrora foi muito importante para o Timão.


A missão de Tiago Nunes não será nada fácil, pois ele terá que modificar toda uma estrutura de jogo incorporada ao Corinthians há anos em um curto espaço de tempo, já que com menos de um mês de trabalho o time de Parque São Jorge poderá enfrentar duas eliminatórias na Conmebol Libertadores e caso avance a fase de grupos, terá a companhia do grande rival Palmeiras em uma chave que somente os dois melhores se classificam às oitavas de finais.


Além de Tiago Nunes, o Corinthians vem tentando efetuar algumas contratações de jogadores para elevar o nível técnico da equipe. Algo completamente necessário já que em 2019 nos momentos mais decisivos, a baixa qualidade ofensiva do time influenciou negativamente nos resultados finais de competições como o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-americana.


Logo, o novo comandante do Corinthians estará oficialmente em ação e o que a torcida espera é que mais do que qualquer espetáculo futebolístico, a equipe seja competitiva e dispute com seus rivais a conquista dos principais campeonatos que serão jogados na próxima temporada na condição de protagonista e não como um simples coadjuvante como aconteceu no segundo semestre de 2019.