• Bruno Nunes

A TEMPORADA DOS SONHOS SE TRANSFORMOU EM PESADELO

Atualizado: 20 de Ago de 2019


Douglas Nunes da Silva ( Foto: Reprodução)

No início da temporada o Corinthians era apontado como uma das equipes mais fortes do Futsal brasileiro devido a chegada de jogadores importantes como o goleiro Thiago, o fixo Batalha e o ala Café, que reforçaram um elenco que já era bem qualificado. A intenção da comissão técnica sempre foi disputar o maior número de finais possíveis em um ano com várias competições importantes para o clube, no entanto, o otimismo do início da temporada, aos poucos foi se transformando em desconfiança devido à eliminações precoces em competições tidas como prioridades.


O momento vivido pela equipe do Parque São Jorge dentro de quadra por si só já seria motivo para acender o sinal amarelo, mas a tragédia do último final de semana que vitimou o jogador Douglas Nunes, camisa 9 do timão, mostrou que essa pode ser uma das temporadas mais difíceis para o futsal do Corinthians.


Um grande ponto de interrogação paira sobre o futsal do Corinthians. Campeão da Liga Nacional em 2016, a equipe alvinegra começou o ano de 2019 com grandes expectativas, especialmente devido à possibilidade de disputar a Libertadores, um título que o Corinthians ainda não possui e que é almejado pela torcida. Pensando em chegar forte na disputa do torneio continental e também das outras competições do calendário, o Corinthians investiu pesado na contratação de grandes nomes do futsal, a chegada de maior destaque foi a do goleiro Thiago, multicampeão pelo Magnus Sorocaba e pela seleção brasileira.


Elenco e comissão técnica do Corinthians (Foto: Reprodução LNF)


O timão iniciou bem a atual temporada, vencendo a Supercopa (competição que garantiu a equipe na Libertadores), e figurando sempre entre os primeiros colocados na Liga Nacional, porém, a eliminação nas quartas de final da Libertadores para o Carlos Barbosa deu início à fatídica sequência do Corinthians. Após a queda no torneio continental, o mesmo Carlos Barbosa voltou a vencer o Corinthians dias depois jogando em São Paulo, resultado que tirou o timão da primeira colocação da LNF. Foi com esse retrospecto que o alvinegro embarcou para a disputa da Taça Brasil em Erechim, mais uma competição importante que tinha o Corinthians como um dos favoritos. Outra eliminação desta vez para o Atlântico, mostrou a instabilidade do time nos momentos decisivos dos jogos.


E foi no momento mais conturbado da temporada, com seguidas eliminações e perda da liderança na LNF, que o inimaginável aconteceu. Não há como mensurar o tamanho do impacto que a morte do Douglas irá provocar no elenco e na comissão técnica. Mais do que nunca, a equipe do Corinthians precisará de todo o apoio da torcida que infelizmente não tem comparecido em grande número ao ginásio Wlamir Marques.


O próximo compromisso do Corinthians ainda não tem data marcada, o jogo válido pela 17° semana da Liga será contra o mesmo Atlântico que eliminou a equipe paulista na véspera do assassinato. Sem dúvida será um jogo com uma carga emocional enorme.




© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud