• Leonardo Cruz

AGORA É PRA VALER!


Foto: Conmebol Divulgação

A partir da próxima semana finalmente teremos o início da fase de oitavas de final da Conmebol Libertadores, e não vai faltar emoção aos amantes do futebol, pois teremos alguns confrontos que prometem ser extremamente equilibrados.


Muitas pessoas falam que a Libertadores começa pra valer a partir desta fase, pois, a equipe que não estiver bem preparada e fizer um jogo ruim, corre sério risco de se despedir da competição mais cedo. Diferentemente da fase de grupos, que pelo fato dos times jogarem seis vezes, mesmo tendo alguma atuação abaixo do esperado, ainda há possibilidade de se recuperar dentro da competição.


Um dos confrontos mais aguardados com certeza será o clássico entre o atual campeão River Plate e Cruzeiro. Depois de jogar muito bem na fase de grupos, a Raposa vive momentos de grande instabilidade dentro e fora dos gramados, mas a última vitória contra seu maior rival pela Copa do Brasil traz um alento para a equipe dirigida por Mano Menezes que precisará atuar no seu melhor nível para conseguir eliminar o time de Marcelo Gallardo que faz excelente trabalho no River desde que assumiu o comando técnico da equipe em 2014, conquistando diversos títulos, dentre eles, duas vezes a Libertadores.



Foto: Getty Images

A grande ausência do Cruzeiro com certeza será o meia Rodriguinho que iniciou muito bem o ano de 2019, mas teve que fazer uma cirurgia devido a uma hérnia de disco e poderá ficar fora dos gramados por até dois meses. Já o River conta com jogadores experientes como Lucas Prato e o goleiro Armani e, com o talento do meia Juan Quintero para conquistar o quinto título da Liberta. O último duelo entre estas duas equipes aconteceu nas quartas de finais da edição de 2015, quando o River levou a melhor.


Outro duelo que gera grande expectativa entre os torcedores será entre Boca Juniors e Athletico-PR que se enfrentaram na fase de grupos com grande atuação dos paranaenses na Arena da Baixada. O placar de 3x0 foi para muitos a melhor atuação de uma equipe brasileira neste ano. O time treinado por Tiago Nunes, atual campeão da Copa Sul-Americana vive grande momento, mas não pode ser iludir, pois o time argentino mesmo tendo grandes problemas, é uma das equipes mais temidas do continente e sabe jogar esta competição muito bem.



Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras / Divulgação

Palmeiras e Godoy Cruz será o terceiro confronto entre brasileiros e argentinos das oitavas de final. O Verdão, dono da melhor campanha da fase anterior, busca o título que não vem desde 1999 e tenta levar de lição os erros cometidos nas suas participações anteriores para finalmente conquistar o sonhado bicampeonato da principal competição do continente e com isso, ter a oportunidade de disputar o Mundial de Clubes para tentar ser campeão do mundo pela primeira vez em sua história.


Por outro lado, o modesto Godoy Cruz, que fez a décima quinta campanha da fase de grupos, já fez história ao se classificar para as oitavas de final da Libertadores. Se quiser avançar de fase, a equipe comandada pelo técnico Lucas Bernardi terá que se superar e conquistar um ótimo resultado na partida de ida que será realizada no estádio Malvinas Argentinas, pois enfrentar e eliminar um dos principais times da América do Sul será uma missão extremamente difícil.


Diferentemente do Verdão, o Grêmio vive um momento muito complicado, o futebol apresentado não é o mesmo de outrora e os resultados também não são os melhores. Para apagar esta péssima impressão, o time do técnico Renato Portaluppi precisará se reinventar para eliminar um duro adversário, que inclusive venceu os gaúchos na fase de grupos em Porto Alegre.


O Libertad mesmo nunca tendo sido campeão da Libertadores, vem se acostumando nos últimos anos a disputar esta competição e demonstra a cada edição que aos poucos está se preparando para em um futuro não muito distante ser uma das principais equipes do continente.


Everton não somente foi um dos grandes destaques do Brasil na conquista da Copa América como é a esperança de gols e de bom futebol do Imortal que também conta com uma defesa extremamente sólida com a dupla de zaga formada por Pedro Geromel e Kannemann. Já os paraguaios não possuem um grande craque e apostam no entrosamento da equipe que é treinada por José Chamot.



Foto: Dolores Ochoa / AP.

Desta vez, o Flamengo promete não deixar o fantasma do estádio George Capwell superar sua vontade de ir longe na Libertadores, eliminado pelo Emelec de forma traumática na fase de grupos em 2012, o Mengão vem fortalecido com a presença do técnico Jorge Jesus e com um dos elencos mais poderosos do Brasil que conta com jogadores como Gabriel, Arrascaeta, Bruno Henrique e Everton Ribeiro.


Já os equatorianos que fizeram uma campanha mediana na fase anterior, apostam na pressão da torcida para conseguir construir um bom placar em casa e ir ao Maracanã com um pouco mais de tranquilidade e jogar toda a pressão para o Flamengo. O técnico Ismael Recalvo tem na experiência de seu elenco o grande trunfo para buscar a classificação para a próxima fase da competição sul-americana.


Em um dos confrontos mais equilibrados das oitavas de final, o Internacional terá pela frente o duríssimo Nacional, equipe que não conta com grandes craques em seu elenco, mas traz consigo a velha raça uruguaia e uma torcida fanática que promete fazer do estádio Parque Central um verdadeiro caldeirão.


O Colorado está em fase de reconstrução desde que retornou da série B do Brasileirão e busca um título de expressão para reafirmar seu status de uma das principais equipes do continente. O treinador Odair Hellmann tem em seu grupo de jogadores, atletas acostumados a jogos decisivos como D´Alessandro, Paolo Guerrero e Nico López que inclusive foi formado nas categorias de base do Nacional.


Em apenas dois confrontos válidos pelas oitavas de final da Libertadores, San Lorenzo-ARG x Cerro Porteño-PAR e LDU-EQU x Olímpia-PAR não teremos times brasileiros envolvidos, mas com certeza não faltará emoção nestas duas disputas que contam com equipes muito tradicionais e acostumadas a conquistar títulos.


As partidas de ida da Conmebol Libertadores serão disputadas entre os dias 23 e 25 de julho, e os jogos de volta, na semana seguinte, entre os dias 30 de julho e 1º de agosto.