• Rafael Itapetininga

AGORA É PRA VALER...

Ilustração: globoesporte.com


A seleção brasileira entrou em campo na última terça-feira, 19 de Novembro de 2019, contra a seleção da Coréia do Sul no acanhado estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dhabi nos Emirados árabes.


O técnico Tite escalou o time com, Alisson, Danilo, Marquinhos, Éder Militão, Renan Lodi, Fabinho, Arthur, Gabriel Jesus, Lucas Paquetá, Philippe Coutinho e Richarlyson.


Os tão pedidos "testes" foram realizados neste jogo, do time titular que vinha sendo escalado normalmente, houveram as mudanças de Éder Militão no lugar de Thiago Silva, Renan Lodi no lugar de Alex Sandro ( lesionado ), Fabinho no lugar de Casemiro e Lucas Paquetá no lugar de Neymar que nem chegou a viajar com com a seleção por conta de uma lesão.


Os 4 escolhidos para formar no time titular não comprometeram, Éder Militão fez um jogo seguro, mas temos que considerar o fraco poderio ofensivo da equipe coreana, Fabinho chegou muito mais ao ataque que Casemiro, e colocou uma ótima opção para enfrentar times que priorizam a defesa, Lucas Paquetá não fez um excelente jogo mas conseguiu pisar mais na área, e fez um belo gol de cabeça na pequena área, sem dúvidas o grande destaque ficou por conta de Renan Lodi, o lateral aproveitou a chance que lhe foi dada, e fez um jogo de gente grande, o atleta de apenas 21 anos, não comprometeu na parte defensiva e foi muito bem ao ataque, terminou o jogo com duas assistências, lembrando que Alex Sandro não vem apresentando boas partidas pela seleção, Marcelo passa por um mau momento e Felipe Luis, apesar de viver ótimo momento no Flamengo, não sobe muito ao ataque, com isso, Renan Lodi deve ter ganho a posição de titular.


Os comandos do técnico Tite, no geral, apresentaram uma leve evolução na parte técnica, com uma marcação mais agressiva no campo de ataque, em relação aos anteriores jogos, e venceram a partida por 3x0, com gols de Lucas Paquetá aos 9 minutos, Philippe Coutinho aos 36 e Danilo aos 60 min.


O segundo gol do Brasil, encerrou um jejum de 5 anos que a seleção não convertia em gol, uma cobrança direta de falta, o terceiro foi considerado um golaço para os padrões hoje adotados no futebol, com uma série de bela troca de passes e variações nas posições de ataque, Danilo concluiu com uma bomba e converteu o gol, apesar que o lateral não fez bela partida, a lateral - direita segue sendo o grande problema da seleção, Daniel Alves pela idade, Fagner pelo baixo rendimento técnico e Emerson que ainda não teve oportunidades de mostrar seu potencial.


A grande expectativa do torcedor, passa pela convocação dos jogadores que atuam no futebol brasileiro, o técnico Tite não convocou os atletas por estarem envolvidos com seus clubes em competições em fase final, peças como Gabigol, Bruno Henrique, Gerson e Everton Ceboliha, são atletas que vivem ótimo momento e certamente aumentaram a qualidade do elenco.


O Brasil encerrou as datas FIFA do ano, e agora é pra valer, em Março de 2020 começa às eliminatórias, e a corrida pela a Copa do Mundo se iniciará, no dia 17 de Dezembro de 2019 a Conmebol em sua sede no Paraguai, sorteará os jogos. Vamos juntos, pra frente Brasil. Salvem a seleção...