• Igor Pereira

ANÁLISE: ARGENTINA SOFRE CONTRA PARAGUAI E MEDO POR NÃO CLASSIFICAÇÃO AINDA ASSUSTA OS HERMANOS


Ontem, 19/06 a Argentina enfrentou o Paraguai, no Estádio do Mineirão, buscando os 3 pontos, já que na primeira rodada os hermanos perderam para a Colômbia e ativaram o sinal de alerta em relação a classificação.

Em jogo muito movimentado principalmente após o gol de empate da Argentina com Lionel Messi de pênalti, os argentinos subiram as linhas, mas com pouca organização o time pressionou bastante os paraguaios, que saiam em busca do contra-ataque. O gol do Paraguai saiu depois de excelente jogada de Almirón que recebeu boa bola na linha de fundo e cruzou rasteiro para a finalização de Richard Sánchez.

O técnico Argentino Lionel Scaloni sacou os medalhões Di María e Agüero, e os jovens Lautaro Martínez e Rodrigo De Paul entram para dar uma sobrevida a esse time argentino que apesar de pregar a posse de bola, foi um time completamente desorganizado na partida de ontem.

Lautaro fez dupla de ataque com Messi, De Paul que entrou bem no jogo contra a Colômbia, na noite de ontem fez uma partida regular. A amplitude que tanto esperava o comandante Scaloni, acabou se tornando uma bagunça, pois Messi estava individualista e apesar da ser um gênio, não conseguiu criar muitas situações sozinho.

Após o empate da Argentina, o Paraguai se viu pressionado a tentar os contra-ataques, a partida estava muito cômoda para os paraguaios que estavam fazendo uma boa partida, haja vista, o desespero dos argentinos com o medo iminente da eliminação.

Se não fosse o goleiro Franco Armani a defender o pênalti totalmente infantil cometido pelo defensor Otamendi, a situação argentina seria ainda pior agora, tendo em vista que a equipe poderia já estar eliminada apenas na segunda rodada da competição.

É natural e totalmente aceitável que uma equipe em reformulação, cheia de jovens nomes (alguns nem tanto assim) apresente dificuldades, ainda mais que está há tanto tempo sem ganhar. Mas mesmo assim essa Argentina poderia jogar e render muito mais do que vem mostrando.

Próxima partida da Argentina é no próximo domingo (23) contra o Catar na Arena do Grêmio, às 16h.