• Victor Luís

ANÁLISE E PALPITES DAS SEMIFINAIS DO PAULISTÃO 2019


Foto: Infoesporte

Como previsto, os quatro grandes chegaram às semifinais do Campeonato Paulista. O Palmeiras enfrentará o São Paulo e o Corinthians disputará com o Santos a vaga para decisão do torneio.


São Paulo x Palmeiras, Primeira partida Estádio do Morumbi:


O Tricolor foi à única equipe que venceu os dois jogos nas quartas de finais, o time melhorou seu desempenho, Luan e Liziero adicionaram dinamismo ao meio-campo do São Paulo, a lateral-direita não é estranha para Hudson, o atleta sabe fazer esta função. Igor Gomes, Antony e Everton Felipe acrescentam velocidade, era evidente que Jucilei, Nenê, Diego Souza e Bruno Peres não poderiam render na mesma equipe, o futebol mudou, não adianta ter técnica e faltar intensidade.


Dificilmente o Palmeiras não será favorito em alguma partida de 2019. Neste jogo específico do Morumbi, o confronto será realmente equilibrado, mas o Verdão leva uma vantagem para chegar à final do campeonato, até por decidir no Allianz Parque. A dupla de zaga deve ser formada por: Luan e Gustavo Gómez, no ataque Deyverson e Borja brigam pela titularidade, fato é que o Palmeiras tem opções de sobra, independente dos titulares terá uma equipe forte, principalmente com as presenças de Dudu, Ricardo Goulart e Gustavo Scarpa.


Palpite do primeiro confronto: São Paulo


Corinthians x Santos, Primeira partida Arena Corinthians:


Os dois duelos têm tudo para ser mais atrativo do que o primeiro clássico entre os dois clubes, que foi bem interessante. O Timão teve o pior desempenho dos grandes nas quartas de finais, conseguiu sua classificação nas penalidades. Por outro lado, o Santos derrotou o RB Brasil, equipe com a melhor performance na fase classificatória, jogou bem no Pacaembu e administrou o duelo no Moisés Lucarelli, mereceu sair com a vitória.


O clássico alvinegro escreverá mais uma página do confronto: Carille x Sampaoli. Muitas pessoas discordam do meu ponto de vista em relação ao técnico Fábio Carille, afirmam que o treinador é “retranqueiro” e que joga apenas por uma bola, eu discordo.


Carille é um excelente treinador, consegue se adaptar ao seu adversário, e tirar o melhor de cada jogador na equipe, em sua trajetória no Corinthians já mudou de formações e estratégias diversas vezes, inclusive no decorrer dos jogos e campeonatos.


Sampaoli também entra na lista dos melhores técnicos que atuam no futebol brasileiro, com um elenco inferior aos seus rivais paulistas, deu um padrão de jogo rápido ao Peixe, além da busca pela perfeição constantemente.


Palpite do primeiro confronto: Corinthians