• Vinicius Rodrigues

ARQUIBANCADAS LOTADAS, COFRES CHEIOS, ASSIM SERÁ A FINAL DO PAULISTÃO

Atualizado: 11 de Abr de 2019


Foto: GazetaPress


A final do Campeonato Paulista entre São Paulo e Corinthians já têm datas e horários definidos, as torcidas que estavam empolgadas com a volta de uma final entre as duas equipes, acabaram sendo frustradas quando os valores dos ingressos foram divulgados.


Os sócios-torcedores do São Paulo desde ontem puderam estar adquirindo suas entradas para o primeiro jogo da decisão, mas o que chamou atenção foi o valor cobrado pela entrada, o torcedor que quiser acompanhar o jogo no estádio pode desembolsar até R$ 430 para o setor premium, os valores chegam ter um aumento de mais de 150% em alguns setores se compararmos a semifinal contra o Palmeiras.


Foto: Divulgação


O aumento gerou revolta na torcida tricolor, o que está em questão é a exploração na paixão do torcedor, chega ser um desrespeito com aquele que frequenta constantemente os jogos do São Paulo em casa e paga em média R$ 20/30, vale lembrar, que o Tricolor passa um dos piores momentos da sua história e único ponto que merece ser ressaltado é a sua torcida que jamais abriu mão do seu time, em alguns anos o São Paulo até teve a maior média do futebol brasileiro, mas no momento de desfrutar um bom momento a diretoria opta por encher o cofre de dinheiro e abre mão de valorizar quem esteve ao lado do clube independente da situação.


“O torcedor que passa o ano todo, indo ver seu time do coração jogar, enfrenta filas, chuva, sol, volta pra casa tarde da noite, em alguns jogos e muitos deles de péssima qualidade técnica. Aí chega o momento da decisão, e o presente que o torcedor recebe é um custo muito alto, apenas por ser final, nada que justifique o tamanho do aumento”, disse Antônio Carlos.


As diretorias parece que entraram em consenso para se posicionar em relação aos valores, pois os preços cobrados para acompanhar o jogo decisivo em Itaquera são exorbitantes.


“Os valores médios pagos nos jogos anteriores foi em torno de R$ 60,00 e em clássicos R$ 100,00, agora na final R$ 160,00 no setor Leste inferior Central, local que fico no estádio, Vale lembrar que ainda pagamos a ANUIDADE DO NOSSO PLANO.” Relatou o sócio torcedor, Carlos Alberto.


Foto: Divulgação



Foto: Divulgação

O torcedor alvinegro que paga em média R$ 55 em um setor considerado ótimo por ser no meio do campo, terá que desembolsar R$ 165 para vê seu time em campo, estes valores são para sócios torcedores, quem não é sócio no mesmo setor será cobrado R$ 220, para um pai de família assistir a esta partida fica praticamente impossível, custear um valor abusivo apenas por tratar-se de um jogo grande e decisivo.


“Sou FIEL TORCEDOR e frequentador assíduo de todos os jogos na ARENA CORINTHIANS. Infelizmente a ganância dos dirigentes, não levam em consideração a fidelidade do seu torcedor, e na hora de uma grande final, os valores são estratosféricos..Lamentável.” Completou Carlos


Até que ponto é válido ter uma renda alta e ver seu torcedor contra uma decisão errada dos dirigentes, mais uma vez as diretorias penalizam um dos principais fatores para o espetáculo chamado FUTEBOL, o seu TORCEDOR, poderíamos está falando do jogo, do Cássio que brilhou na última partida, do São Paulo que retorna uma final do regional após 16 anos, mas não, o assunto novamente são as cúpulas das equipes que definitivamente deixam a desejar quando o assunto envolve valores.


Apesar de todas as dificuldades, os dois estádios estarão lotados, as duas torcidas irão fazer seus papeis nas arquibancadas, mas tudo isso deveria ser repensado e, a pergunta que não quer calar é: até quando o torcedor será penalizado?


Não permitam que o futebol se torne um teatro, não elitizem algo que é meu, é seu, é do povão, o futebol é pra todos, desde que os responsáveis troquem os cofres cheios, por arquibancadas lotadas.