• Luís Santana

AS PRINCIPAIS FORÇAS DO LADO LESTE

Atualizado: 12 de Fev de 2019

Na última quinta-feira (7), se encerrou o período de trocas na liga. Agora podemos analisar melhor os principais times de suas conferências até os playoffs, sem receio de que o time perca alguma de suas peças principais, a não, é claro, por algum imprevisto interno.

O que chamou mais a atenção nessas trocas, foi o equilíbrio que se estabeleceu na conferência Leste. Antes da temporada começar, era quase unânime quando se pensava na provável final do Leste: Celtics vs Raptors. Quando a temporada começou, um time que, apesar de ser muito bom, não era mencionado começou a roubar o protagonismo, o Milwaukee Bucks, do grego Antetokounmpo.

Líder do Leste e com a melhor campanha da liga, o time possui 41 vitórias em 55 jogos, o Bucks vem ganhando força a cada semana que passa e o time que já estava muito bom, ficou ainda mais competitivo com a aquisição de Nikola Mirotic. O ala/ala-pivô chegou na última semana. Jogador que agrega muito para as bolas do perímetro, ajudando a deixar a quadra mais espaçada, o que facilita as infiltrações no garrafão e aumenta a variedade de jogadas. Além disso, o Mirotic é uma ótima peça para a defesa para os chutes de bolas de 3 dos adversários.


Foto: Noah Graham / NBAE via Getty Images

O Toronto Raptors, como era previsto, segue na briga pela primeira posição do Leste. Liderados por Kyle Lowry e Kawhi Leonard, o time do Canadá incluiu Marc Gasol em seu plantel de jogadores. O pivô espanhol chegou do Memphis Grizzlies, pode agregar muito no jogo dentro do garrafão, tanto no ataque quanto na defesa, além disso, Gasol pode contribuir até mesmo com algumas cestas de 3 pontos. A franquia canadense mais uma vez vai fazendo uma ótima temporada regular e tem tudo para não decepcionar nos playoffs como nas temporadas anteriores, e talvez, finalmente conquistar um título de conferência e chegar na tão sonhada The Finals.




Outro time que se reforçou para essa reta final de temporada regular, foi o Philadelphia 76ers. O time que tem um dos melhores “núcleo jovem” da liga. Já havia incluído Jimmy Butler um pouco depois do começo da temporada, agora conta também com ala/ala-pivô Tobias Harris. O jogador já vinha assumindo o protagonismo no Los Angeles Clippers, ao lado de Lou Williams. Chega para formar, sem dúvidas, um dos melhores quintetos titulares da liga, em questão de nomes, talvez seja até o melhor do Leste. Quinteto que jogou apenas duas vezes juntos, mas conquistou a vitória em ambos os jogos, contra o Nuggets (110-117) e contra o Lakers (120-143).



Foto: Sky Sports

O Boston Celtics, que muitos projetavam o time terminando a temporada regular com 60 ou mais vitórias. Projeção essa que está longe de ser cumprida. O time que era cotado para brigar pela seed 1, hoje ocupa apenas a quinta posição do Leste. Os Celtas passam por um momento de muita oscilação e não consegue encaixar uma sequência de vitórias para embalar. Mas com tantos jogadores bons, como Kyrie Irving, Gordon Hayward, Al Horford, Jayson Tatum, entre outros. Apesar do momento, o time tem tudo para chegar forte na pós temporada. Até porque, além de um bom time, os Celtas contam com Brad Stevens, que já mostrou sua capacidade como técnico.



Foto: NBC Sports

Além desses 4 times, quem corre por fora nessa briga, é o Indiana Pacers, que perdeu Victor Oladipo, seu melhor jogador para o resto da temporada com uma lesão e cirurgia no joelho. Mas mesmo assim, segue firme na briga pelo mando de quadra na pós temporada e hoje ocupa a terceira posição da conferência, atrás apenas do Raptors e do Bucks. Os comandados de Nate McMillan tem tudo para surpreender e fazer frente com qualquer time numa série de playoffs.




Com a ida de LeBron para o Oeste, que ganhou o Leste nas últimas 8 temporadas, finalmente os times viam uma chance maior de chegar às finais. Mas à essa altura da temporada, os times vão sentindo que o título de conferência não será tão tranquilo assim, e nenhum time destoa tanto assim dos outros, o que torna a disputa no Leste muito interessante.