• Leonardo Mendes

BRASIL DOMINANDO A LIBERTADORES

É a primeira vez na historia que um país tem três times em uma semifinal no atual formato. Atlético-MG, Palmeiras e Flamengo estão em busca da gloria eterna.



Libertadores terá pela primeira vez três clubes de um só país em uma semifinal - Foto: Reprodução


Mesmo sem ser campeão, o Brasil já fez historia nessa edição da Libertadores. Pela primeira vez em sua história, a maior competição da América do Sul terá em uma semifinal três equipes de um mesmo país. Algo histórico que escancará a superioridade brasileira no continente .


Além do fator histórico, não é algo que aconteceu por acaso. Os brasileiros semifinalistas eram cotados como favoritos ao título desde o início da competição. Flamengo, chega forte em busca de mais um título continental. Embalado após a chegada de Renato Gaúcho, o mengão vem goleando e fazendo boas exibições a sua torcida, que esteve presente nos últimos jogos no Mané Garrincha.


O time comandado por Renato Gaúcho irá enfrentar na próxima fase o Barcelona, do Equador, que empatou na ultima quinta (19) a equipe do Fluminense e, pelo fator do gol fora de casa, passou de fase e chega a sua nona semifinal de libertadores, porém sem nenhum troféu conquistado.


Pelo outro lado da chave, o confronto entre Palmeiras e Atlético-Mg poderia será o mais equilibrado de todo campeonato. O verdão chega motivado após eliminar o São Paulo jogando em alto nível e goleando o arquirrival, que ficou pelo caminho após a vitoria expressiva por 3 a 0. Além do placar elástico, o atual campeão conseguiu quebrar um tabu de nunca ter vencido o tricolor paulista na Libertadores. Foram nove jogos de invencibilidades e três eliminações, em 1994, 2005 e 2006.


Outro fator histórico presente neste edição da Libertadores foi o Atlético-MG, que realizou o feito de ser o primeiro clube brasileiro a conseguir eliminar o Boca e River na mesma edição, mostrando que não veio para brincadeira. O primeiro time a conseguir esta façanha foi o Independiente del Valle, do Equador, que em 2016, passou pelos gigantes argentinos.


Falando do Galo, a equipe lidera por Hulk irá ter pela frente o poderoso Palmeiras de Abel Ferreira, e o embate promete ser quente e com certeza, muito bem jogado. Além do time cheio de estrelas que o Cuca tem na mão, o Atlético-MG espera contar com o atacante recém contratado Diego Costa. O brasileiro naturalizado espanhol, que já atuou por grandes equipes na europa, como Atlético de Madri e Chelsea, já foi apresentado e conheceu o elenco e o CT do clube.


O caminho da gloria eterna está traçado, a possibilidade do título ficar no Brasil é muito grande. Isso deixa claro o quanto os investimentos dos últimos anos nós deixaram com um futebol mais avançado em comparação aos rivais da América do Sul, e o quanto que isso engrandece a competição, que a muito tempo, não tem um times com grandes estrelas.