• marcela lima

Calleri e Rigoni têm sido fundamentais em participações de gols do São Paulo no Brasileirão


FOTO: RUBENS CHIRI / SAOPAULOFC.NET

O São Paulo não vive um bom momento no Campeonato Brasileiro. Não somente pela campanha que possui, mas também pela quantidade de gols marcados na competição: somente 22. Porem, os atacantes Calleri e Rigoni têm sido fundamentais nos gols da equipe, já que a dupla participou 50% na competição (11 participações).


  • Rigoni possui 21 partidas no Brasileirão, quatro gols (Chapecoense, Atlético-Go, Internacional e RB Bragantino) e quatro assistências (para o gol de Éder contra a Chapecoense, para o gol de Gabriel Sara contra o Cuiabá, para o gol de Benítez contra o Cuiabá e gol de Igor Gomes contra o Grêmio).

Rigoni não atua desde a partida contra o Cuiabá. O atacante saiu durante o jogo sentindo dores e tem sido desfalque até então. Com o desfalque do camisa 77, a solução foi Calleri. O camisa 30 da equipe marcou no empate diante do Ceará, no empate contra o Santos e na vitória contra o rival Corinthians, mas acabou se tornando outra baixa para o técnico Rogério Ceni durante o Majestoso.

  • Calleri possui oito jogos nesta temporada, quatro deles como titular e três gols marcados (Corinthians, Ceará e Santos).

Com os dois atuais principais jogadores e marcadores da equipe, o Tricolor não conseguiu marcar diante do RB Bragantino no último domingo e conheceu seu primeiro revés após oito jogos de invencibilidade. As opções no ataque foram Pablo e Luciano, que, na partida tiveram uma chance inacreditável, mas acabaram se atrapalhando, não conseguindo empurrar a bola para o fundo da rede. Vitor Bueno, Eder e Marquinhos entraram durante o jogo, mas não conseguiram marcar.


O São Paulo terá a semana inteira para se preparar para o próximo duelo contra o Internacional, no domingo (31), às 18h15, no Morumbi. Nesta terça, o elenco se apresentará no CT da Barra Funda às 16h. Será o tempo para a comissão técnica decidir ou não se Rigoni e Calleri terão totais condições de irem para a partida.