• filipeq09

CALOR HUMANO: VOLTA DA TORCIDA POTENCIALIZA FUTEBOL DOS TIMES


Divulgação / Site Corinthians

Após mais de um ano e meio, a torcida está aos poucos retornando à sua casa. Os estádios vão se ocupando com os corações e gritos de guerra de seus fãs apaixonados pelo time. No momento, somente 30% da capacidade é liberada, mas já dá para se ter esperança de dias melhores daqui em diante.


Um dos principais benefícios que esta volta dos torcedores proporciona é relativo à receita dos clubes de futebol, pois se não há público, sobra prejuízo, algo difícil para muitas instituições ao longo de 2020 e 21. Mas falando em emoção, não dá para negar que o regresso dos fanáticos está causando uma vibração diferente nos jogadores em campo, que já se mostram mais motivados e ao menos encaram o duelo com uma pressão a mais do que antes estava ocorrendo nas quatro linhas.


Exemplo é São Paulo x Santos, no qual o time teve apoio de cerca de cinco mil tricolores no Morumbi, e mesmo com ainda fraquíssimo futebol apresentado, correu e buscou a vitória o tempo todo. Em Itaquera, o Corinthians, que somava diversos resultados ruins em seus domínios, enfim venceu e convenceu, frente a dez mil torcedores nas arquibancadas.


Já no Rio de Janeiro, o Fluminense viveu os dois lados da moeda, pois se no início havia muito incentivo, ao final, com o 2 x 0 de desvantagem e futebol ruim, o acalento se transformou em vaias, algo que os atletas vão precisar reaprender a lidar ao longo das partidas neste Brasileirão.


Mas destacando e pesando na balança os prós e os contras, é óbvio que os pontos positivos se sobressaem nesta disputa, pois além da renda extra e publicidade, a paixão da torcida devolve ao futebol o que ele jamais pode perder: sua essência que tem como base o calor humano, a massa que empurra a bola pra dentro das traves adversárias e evita gols quase certos em sua meta.