• Rafael Itapetininga

CAMINHANDO PARA O IDEAL...

Imagem: Ubira Leal

No dia 03 de Outubro de 2019 a CBF divulgou o tão esperado calendário 2020. A grande preocupação dos envolvidos com o futebol, seria como adaptar a Copa América que será realizada na Argentina / Colômbia, as Olimpíadas em Tóquio, em caso de classificação no Pré - Olímpico, com o calendário inchado do nosso futebol brasileiro.


A primeira mudança passa pelos tão criticados estaduais, anteriormente eram realizados com 18 datas e agora será realizado com no máximo 16, otimizando ao menos duas semanas de calendário. A segunda mudança se refere as famosas datas FIFA, que anteriormente não contavam com a interrupção do campeonato brasileiro e, agora terão paralisação, apesar da diferença de apenas um dia entre as datas em alguns casos. A terceira e mais empolgante mudança para o torcedor será a volta da Super Copa do Brasil (campeão do Brasileirão x campeão da Copa do Brasil) que permitirá um grande confronto logo no início da temporada.


O calendário se inicia com os estaduais de 22 de janeiro a 22 de abril, Copa do Brasil de 05 de fevereiro a 16 de setembro, Libertadores de 05 de fevereiro a 21 de novembro, Sul-americana de 05 de fevereiro a 07 de novembro, Brasileiro série A de 03 de maio a 06 de dezembro, Brasileiro série B de 02 de maio a 28 de novembro, Brasileiro série C de 03 de maio a 08 de novembro e Brasileiro série D de 03 de maio a 22 de novembro.


As mudanças podem não terem sido de extrema relevância, tendo em vista que na Copa América não teremos paralisações dos campeonatos, porém uma Copa América realizada para espelharmos o modelo europeu de competições de 2 em 2 anos ; mais enxergo uma evolução significativa para que o calendário nas próximas temporadas sejam mais próximo do ideal. Vamos juntos, pra frente Brasil. Salvem a Seleção...