• Igor Pereira

CAMPEONATO ARGENTINO CHEGA A RETA FINAL E BRIGA PELO TÍTULO PEGA FOGO


Estádio El Cilindro Foto: homefans

Já se passaram 18 rodadas no campeonato argentino até o momento e a briga parece estar cada vez mais acirrada entre Racing de Avellaneda e Defensa Y Justicia, ambos estão empatados com 42 pontos cada.


O Racing é o líder por ter uma vitória a mais, porém, o único time invicto na competição é o Defensa, que vem fazendo uma ótima campanha e superando times mais tradicionais como o Boca e o River.


No inicio do campeonato o time de Avellaneda embalou uma ótima sequencia e dispararam na ponta da tabela, os comandados de Eduardo Coudet vem jogando um futebol objetivo e com muitos toques, o time de Lisandro Lopez e Cristaldo, ex-palmeiras, tem um futebol muito vistoso na Argentina e merecidamente é o líder da competição. Após 3 meses de invencibilidade o time sofreu uma derrota na última rodada do dia 10/02, para o River Plate no Monumental de Núnez por 2 a 0 e, viu um dos concorrentes ao título encostar depois da vitória em casa sobre o Argentino Juniors.


Faltando apenas 7 rodadas para o final do campeonato, coincidentemente a última rodada terá um confronto direto no Estádio El Cilindro entre os dois times que estão na ponta, até lá muita coisa pode mudar em relação as posições dos times, haja vista que ainda estão em disputa 21 pontos. A campanha do Racing até a 18° rodada é de 13 vitorias, 3 empates e 2 derrotas, com 20 gols de saldo, o time é o melhor ataque e a segunda melhor defesa. Já a trajétoria do Defensa y Justicia até o momento é de 12 vitorias, 6 empates e nenhuma derrota, é a melhor defesa e o 5° melhor ataque.


O último titulo do Racing foi em 2014, quando fizeram uma ótima campanha e se sagraram campeões, se o título vier em 2019 vai coroar um trabalho de muitos frutos, bem como do jovem treinador Eduardo Coudet de apenas 44 anos. O time de Avellaneda é apenas o 3° Maior campeão do campeonato argentino com 17 títulos, atrás de Boca Juniors com 32 e River Plate com 36 respectivamente.


Caso o Defensa Y Justicia consiga o título, seria uma conquista inédita para o time que não tem tradição na Argentina, o Defensa tem apenas 3 títulos na sua história, um título da 4° Divisão em 1982, um da 3° Divisão em 1985 e o último título a 22 anos atrás da 2° divisão torneio (clausura). Alcançar essa façanha é marcar o nome na história do clube para sempre, com investimento muito inferior ao dos grandes da Argentina o treinador Sebastián Beccacece, ex-assistente do treinador Jorge Sampaoli, vem fazendo uma campanha excelente para quem não tinha pretensões ambiciosas para a temporada.


As potências argentinas, Boca Juniors e River Plate, que focaram no título da Copa Libertadores e deixaram o campeonato argentino como segundo plano estão pagando caro pela escolha agora. O Boca está à 10 pontos do líder, já o River está à 14 pontos de distância, mesmo que ainda tenham algumas rodadas para o final do campeonato e como investimento feito por essas equipes é muito superior do que os dois primeiros times que lideram até o momento, muito provavelmente eles não terão forças para alcançar as duas primeiras equipes.