CHOQUE-RAINHA TERÁ PORTÕES ABERTOS

Atualizado: 31 de Mar de 2020

O duelo será realizado neste domingo (15), mantendo o critério de torcida única


Clássico das equipes paulistas do Futebol Feminino. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Amanhã (15), São Paulo e Palmeiras voltam a se enfrentar, mas desta vez pela elite do Brasileirão. Ambas disputaram a série A-2 do Campeonato Brasileiro Feminino em 2019. O choque-rainha acontecerá às 14h, no estádio Nelo Bracalente, em Vinhedo-SP, válido pela quinta rodada. O mando de campo é das palestrinas, sendo assim, apenas a torcida do Palmeiras poderá comparecer.

Na classificação atual o São Paulo é o 7º colocado com 7 pontos. Já o Palmeiras está em 9º, com apenas 6 pontos. No histórico do confronto, desde a reativação da equipe feminina do Palmeiras, em 2019, as alviverdes levam vantagem no estádio Nelo Bracalente, com 1 vitória e 2 empates, sendo 4 gols marcados e 3 sofridos.

As palestrinas também levaram o título da Copa Paulista Feminina no ano passado, diante da rival tricolor paulista. O clássico já foi disputado 7 vezes, sendo 3 em Vinhedo-SP.

Apesar da pandemia de Coronavírus também ter afetado o mundo do esporte, o jogo foi mantido sem restrição de torcida. Apenas algumas disputas no Futebol Feminino acontecerão com portões fechados, sendo os duelos entre Grêmio e Vitória, também no domingo (15), às 15h, no estádio Vieirão, em Gravataí. E o Internacional que receberá o Flamengo, segunda-feira, às 19h, no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo.

Na Série A-2 do Brasileirão feminino, a estreia do Atlético-MG contra o Vila Nova-ES, no Independência, na tarde deste sábado (14), válida pela primeira rodada do grupo E, foi realizada com portões fechados. O duelo terminou em empate sem gols.

As medidas tomadas para que partidas sejam realizadas sem a presença do público, com prazo indeterminado, seguem as orientações do governo do Estado em relação ao risco de contágio do novo coronavírus. O objetivo é prevenir a transmissão do vírus, devido as aglomerações nos estádios.