• Leonardo Cruz

CINTURÃO: UM SONHO DISTANTE PARA JACARÉ


Foto: Getty Images

Ronaldo Jacaré subiu ao octógono do UFC Fort Lauderdale, realizado no último sábado, 27/04, com a expectativa de conquistar uma boa vitória sobre o sueco Jack Hermansson e automaticamente se credenciar para disputar o cinturão da categoria peso-médio. Outra luta com bastante destaque foi entre o brasileiro Glover Teixeira e o moldavo Ion Cutelaba.


Antes dos principais eventos da noite, sete lutas movimentaram o card preliminar, com direito a duas finalizações e um knockout. O estadunidense Jim Miller venceu ainda no primeiro round seu compatriota Jason Gonzalez aplicando um mata-leão. Com esta vitória, Miller que havia perdido cinco das suas últimas seis lutas, agora tem 30 vitórias em seu cartel. Já o seu adversário, sofreu sua segunda derrota consecutiva no Ultimate.


Na segunda finalização da noite, em disputa realizada na categoria peso-leve, o brasileiro Gilbert Durinho venceu Mike Davis também com um mata-leão, mas no segundo round. Durante toda a luta, era clara a estratégia de cada lutador, enquanto Durinho tentava levar o combate para o solo, o estadunidense insistia na trocação. Em um desses momentos, Davis acertou um forte direto no brasileiro que absorveu o golpe com tranquilidade. O equilíbrio era total, no segundo round, Durinho conseguiu aplicar seu jogo, e no chão, levou grande vantagem sobre o estadunidense.


Demonstrando grande habilidade no Jiu-Jitsu, o brasileiro conseguiu aplicar um mata-leão e obrigou o adversário bater em desistência. Com este triunfo, Gilbert Durinho chega a décima quinta vitória na carreira. Já Mike Davis, que vem de duas derrotas consecutivas no UFC, agora tem seis triunfos em seu cartel.


No único knockout do card preliminar, o japonês Takashi Sato venceu o estadunidense Ben Saunders no segundo round, em luta válida pela divisão dos meio-médios. O combate foi muito equilibrado desde os primeiros movimentos, os dois lutadores partiram para a trocação franca, sem muita preocupação com a defesa. Takashi conseguia acertar o adversário com maior contundência e nos segundos finais do round, chegou a balançar Saunders.


No retorno para o segundo round, o ritmo da luta não se modificou, Takashi foi para cima do rival e acertou um forte direto, derrubando o lutador estadunidense. A partir deste instante, o japonês castigou Sanders com diversos socos e só parou, após a interrupção do árbitro.


Nas seis disputas válidas pelo card principal, os grandes destaques foram as lutas envolvendo os brasileiros Glover Teixeira e Ronaldo Jacaré.



Foto: UFC Divulgação

Glover tinha um grande desafio pela frente, encarar um lutador que é quatorze anos mais jovem. Para o “vovô” de 39 anos, a vitória seria a oportunidade de melhorar sua posição no ranking do UFC e quem sabe alimentar a esperança de ainda disputar o cinturão da categoria meio-pesado. No primeiro round, Ion Cutelaba tentou pressionar o brasileiro, utilizando boa movimentação e excelente variação de golpes, Glover por sua vez, resistia as tentativas do lutador moldavo e ainda era perigoso nos contra-ataques.


Na volta para o segundo round, os dois lutadores partiram para a trocação, Cutelaba aplicava golpes com mais contundência. Glover percebendo a desvantagem, tentou algumas vezes levar a luta para o chão, mas sem obter êxito. Já quase que no minuto final do round, os lutadores já demonstravam certo cansaço, Glover se aproveitou e acertou um cruzado de esquerda e um direto no adversário que não resistiu e caiu. O brasileiro foi para cima do moldavo e sem maiores dificuldades encaixou um mata-leão, obrigando o adversário a bater em desistência.


Esta foi a vigésima nona vitória na carreira do experiente Glover Teixeira e a segunda consecutiva no UFC. Já o moldavo Ion Cutelaba, sofreu sua quarta derrota na carreira e interrompeu uma invencibilidade que já durava mais de dois anos no Ultimate.



Foto: Getty Images

No evento principal da noite, o brasileiro Ronaldo Jacaré decepcionou e perdeu para o sueco Jack Hermansson por decisão unânime. Com expectativa de vencer e já ser o próximo desafiante ao cinturão da categoria peso-médio, Jacaré era favorito para este combate. Mas o que se viu no BB&T Center, foi o sueco ter o controle da maior parte da luta. Levando muito perigo nas trocações, Hermansson ainda quase finalizou o brasileiro no primeiro round.


O segundo round também foi de domínio do sueco que parecia saber exatamente o que fazer para vencer Jacaré. Hermansson, aplicava uma série de golpes, misturando socos e chutes. Quando o brasileiro tentou dar o troco, o adversário conseguiu levar o combate para o chão e o dominou completamente até o final do round.


Na volta para o round três, Ronaldo Jacaré, que saiu derrotado nos anteriores, partiu para o ataque. A luta ficou aberta, com os dois lutadores em franca trocação, o brasileiro levou vantagem, até chegou a balançar o sueco após acertar um violento soco de direita, mas o tempo foi curto para que o lutador manauara conseguisse o knockout.


Nos dois últimos rounds, Jack Hermansson voltou a pressionar o brasileiro, tentando combinar chutes e socos. Jacaré tentava responder, mas seus golpes não eram contundentes. Aparentando muito cansaço, os dois lutadores diminuíram o ritmo nos minutos finais e não conseguiam golpear com a mesma precisão. Jacaré não queria que a decisão ficasse com os árbitros, então tentou uma pressão nos últimos segundos, mas o sueco conseguiu levar a luta para o chão e assim, não permitiu que o brasileiro tivesse a oportunidade de conseguir um knockout.


Com mais esta derrota no cartel, Ronaldo Jacaré se distancia ainda mais da disputa do cinturão da sua categoria. Esta, foi a sétima derrota do brasileiro que segue intercalando vitórias e derrotas desde o revés para Yoel Romero no UFC 194, realizado em 2015. Já o surpreendente Jack Hermansson, conquistou sua quarta vitória consecutiva no Ultimate e vigésima na carreira.


Outros resultados do UFC Fort Lauderdale:


Card Preliminar:

Augusto Sakai venceu Andrei Arlovski por decisão dividida;

Carla Esparza venceu Virna Jandiroba por decisão unânime;

Angela Hill venceu Jodie Esquibel por decisão unânime;

Dhiego Lima venceu Court McGree por decisão dividida.


Card Principal:

Greg Hardy venceu Dmitry Smoliakov por;

Mike Perry venceu Alex Cowboy por decisão unânime;

Cory Sandhagen venceu John Lineker por decisão dividida;

Roosevelt Roberts venceu Thomas Gifford por decisão unânime.