• Evelyn Cristina

Collin Sexton: a jovem promessa de Ohio


Foto: Scott R. Galvin - USA Today Sports

Collin Sexton é um armador (ou famoso point guard) americano de 19 anos que atualmente joga pelo Cleveland Cavaliers, o qual foi draftado na 8ª pick, sendo o jogador mais bem selecionado do Alabama desde Antonio McDyess em 1995, e dividiu opiniões dos torcedores da franquia de Ohio acerca de sua escolha, mas aos poucos vem melhorando cada vez mais seu jogo e provando seu valor.

Young Bull, como também é conhecido, nasceu na cidade de Marietta, Geórgia, e antes de ser draftado para atuar na NBA jogava no college pela Universidade de Alabama, sendo treinado por Avery Johnson. Em uma partida válida pelo campeonato Barclays Center Classic, Sexton teve uma noite de MVP, colocou a bola laranja debaixo do braço e anotou 40 pontos, sendo os últimos 6 pontos em duas bolas de 3 pontos, que quase fizeram sua universidade empatar a partida, porém, ainda assim, Alabama saiu derrotado por 89-84 para a Universidade de Minnesota. O detalhe é que: a equipe de Collin Sexton terminou o jogo com apenas 3 jogadores, já que todo o banco de reservas foi ejetado por entrar em quadra para separar uma briga, um companheiro de time foi expulso por cometer a quinta falta e outro colega machucou o tornozelo e teve que deixar a partida.



Outra noite memorável para o nosso rookie foi na abertura do SEC Tournament, onde contra a equipe de Texas A & M, Sexton anotou 27 pontos e 5 assistências, além do game winner at the buzzer, que decretou a vitória para o Alabama por 71-70. Nas quartas de final, contra a equipe de Auburn, mais uma vez o Young Bull não decepcionou, marcou 31 pontos além de 7 rebotes. Porém, sua equipe caiu diante do Kentucky nas semifinais, apesar de Sexton ter anotado 21 pontos e 5 rebotes.

Após tantas ótimas atuações, Collin Sexton foi nomeado para o All-Tournament team, tendo uma média de 26,3 ppg, 3 apg e 5 rpg em apenas 3 jogos.

Algo que poucas pessoas sabem é que o nome de Sexton já foi parar na polícia. Em 2017, o diretor de basquete da equipe de Alabama, Kobie Baker, estava sendo investigado pelo FBI devido a uma corrupção dentro do basquete universitário. Collin teve seu nome citado devido um suposto recebimento de uma quantia no valor de cinco mil dólares da Dawkins, mas conseguiu limpar seu nome. Um pouco mais tarde, em fevereiro de 2018, o nome do nosso rookie apareceria novamente numa lista de nomes de um escândalo da NCAA, acusado de receber quantias em dinheiro ou jantares, porém, mais uma vez, Sexton provou sua inocência.

Antes de iniciar na NBA, Sexton teve alguns prêmios individuais para se orgulhar. Em janeiro de 2017, foi escolhido para jogar o McDonald’s All-American Game, que nada mais é do que o jogo das estrelas da NCAA. Foi também nomeado o MVP do Mundial Sub-17 masculino da FIBA de 2016 em Zaragoza, na Espanha, além de também ter levado para casa a medalha de ouro.

Atualmente, na equipe de Cleveland, fez sua estreia com a Jersey de Ohio na Summer League em 6 de julho de 2018, registrando 15 pontos e 7 rebotes. Já, sua estreia oficial na NBA ocorreu em uma partida contra o Toronto Raptors, saindo do banco, Sexton marcou 9 pontos e 3 rebotes.

A desconfiança dos torcedores do wine and gold em relação ao rookie aumentou quando, no início dos jogos, ele não conseguiu corresponder às expectativas com baixas pontuações e uma defesa um tanto quanto fraca. Porém, após uma lesão de George Hill, o camisa 2 se tornou titular e aí sim começou a mostrar para o que veio. Liderou inúmeros jogos, ajudou em algumas das poucas vitórias que a equipe conseguiu até o momento na temporada, tendo uma noite memorável contra o Houston Rockets, conseguindo seu career-high de 29 pontos (14/21 FG), além de 4 rebotes e 2 assistências.

Mas nem tudo foram flores no início da carreira de Sexton na NBA, após um começo horrível com apenas uma vitória em nove jogos, alguns veteranos, incluindo J.R. Smith e Kyle Korver teriam imputado a Collin Sexton a culpa pela até então crise no time. Duras críticas ao rookie, tal como que “ele não sabia como jogar” e que “muito menos sabia como defender”. George Hill, que ainda estava na equipe, teria se oferecido para ajudar o novato em sua evolução, mas novamente os veteranos desdenharam do garoto, dizendo que ele nem se importaria em ouvir as dicas de Hill.

Após essa briga ser vazada, J.R. Smith se pronunciou, tentando amenizar um pouco a situação, mas não adiantou muito. Sexton momento algum quis se pronunciar e decidiu responder em quadra aos veteranos. Prova disso é que em um dos seguintes jogos após esse ocorrido, contra o Charlotte Hornets, o Young Bull marcou Kemba Walker em 41 posses no jogo, durante essas posses, Walker anotou 0 pontos (0/9 FG; 0/5 3FG) e 3 assistências. Nada mal, não é?

Após 32 jogos, Sexton tem a melhor média de pontuação da equipe de Ohio com 15.5 ppg, 3 rpg e 2.5 apg. Sua porcentagem de field goals também é boa, com 44.2 % e 40.3 % de 3FG, além de 86.8 % de aproveitamento na linha de lance livre.

Collin Sexton tem mantido constantemente uma boa colocação na corrida pelo Rookie Of Year, porém dificilmente alguém tirará o prêmio do esloveno Luka Doncic. O nosso Young Bull tem tudo para ter um futuro promissor na liga, uma vez que é rápido, tem uma excelente envergadura, o que lhe propicia marcar até duas posições, além de conseguir jogar por cima do aro, tem uma facilidade muito grande em ajustar seu corpo no ar para conseguir finalizar e adora um jogo físico, driblar, infiltrar e é extremamente ágil e intenso.

Claro que, como todo novato, alguns pontos precisam ser melhorados, como por exemplo sua defesa. Apesar de já ter melhorado e muito, ainda é algo que requer atenção. As escolhas de arremessos muitas vezes não são tão boas e Sexton se deixa levar pela emoção do jogo, ao invés de parar e pensar friamente qual é a melhor escolha no momento.


Foto: Elsa/Getty Images North America

Confiança Collin Sexton tem, e tem de sobra! É marrento, não tem medo do jogo e muito menos dos adversários e tenho certeza de que o garoto irá dar muitas alegrias para os torcedores de Cleveland Cavaliers. Talvez quem sabe não faça até esquecerem de Kyrie Irving? Vida longa ao novo dono da camisa 2!

© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud