• Rafael Itapetininga

COM PORTÕES FECHADOS, CORINTHIANS EMPATA POR 1 A 1 COM O ITUANO...



Foto: tudotimao.com.br

Com portões fechados ao público, o Corinthians entrou em campo na tarde deste domingo (15), para enfrentar o Ituano. O torcedor não pode comparecer na Arena Corinthians, devido a pandemia do Coronavírus.


O Timão entrou em campo pressionado pela crise instaurada no clube, eram 5 jogos até esta partida sem vencer no Campeonato Paulista. Buscando uma reabilitação, o técnico Tiago Nunes mandou a campo o seguinte time: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Gil, Carlos, Camacho, Cantillo, Luan, Everaldo, Yony González e Boselli.


O jogo começou de forma burocrática. O Corinthians trocava passes, mas não conseguia quebrar as linhas do time de Itu. Aos 15 minutos quem se lançou ao ataque foi a equipe do Ituano. Breno Lopes, em um cruzamento venenoso, viu a bola entrar no gol de Cássio,( que falhou no lance) abrindo o placar. Depois do gol tomado, o time alvinegro se lançou ao ataque. Aos 27 minutos em lançamento de Gil, o argentino Boselli ficou cara a cara com o goleiro Edson. O centroavante chutou em cima do goleiro, a bola desviou e bateu caprichosamente no travessão. Aos 36 minutos, foi a vez de Cantillo aproveitar um cruzamento de Fagner. O volante chutou dentro da área, para mais uma defesa do goleiro Edson. Logo no minuto seguinte,  Yone, arriscou de fora da área, o goleiro do Ituano fez nova intervenção. Somente aos 46 minutos em bate e rebate, Everaldo deu assistência para Luan, que chutou empatando a partida. O primeiro tempo terminou empatado em 1 a 1.


O segundo tempo começou novamente de forma burocrática. O Corinthians parecia não precisar do resultado. Somente aos 23 minutos, em cruzamento de Luan, o centroavante Boselii cabeceou, mas não acertou o alvo. O Ituano tentava assustar no contra ataque. Aos 25 minutos, em rebote da zaga corintiana, Barralhas chutou. Cássio fez boa defesa, desviando para escanteio. Na cobrança de escanteio, a bola sobrou para Pacheco, que chutou para nova defesa de Cássio. O Timão só voltou assustar aos 41 minutos,  em cruzamento de Carlos, o colombiano Yony cabeceou, a bola bateu na zaga, facilitando a defesa de Edson. O Ituano controlou o jogo nos minutos finais, e a partida persistiu empatada por 1 a 1.


O Corinthians se complicou demais com este empate, ficando mais uma rodada fora da zona de classificação, em terceiro lugar. Faltando apenas duas rodadas, o alvinegro está a 6 pontos do primeiro colocado (Bragantino) já classificado, e não consegue mais alcançar a equipe de Bragança.


Apesar da falta de resultados, o Corinthians mais uma vez criou muitas oportunidades, falta mais capricho dos jogadores. O time acaba deixando muitos espaços para os adversários, porém é um risco que parece ser calculado pela comissão técnica. O problema passa pela falta de manutenção do time titular, Tiago Nunes não achou ainda o time ideal, e vem fazendo substituições que não conduzem com seu estilo. Ele vem fazendo as famosas alterações, seis por meia dúzia, e precisa decidir qual linha de trabalho vai executar, e fazer sua execução, independentemente de resultados.


O Corinthians volta a campo (caso não haja paralisação do Campeonato, devido ao COVID-19), no próximo dia (22), no Domingo, contra o seu maior rival, Palmeiras, na Arena Corinthians. A vitória é de suma importância para o Timão espantar a má fase e avançar para a próxima fase do campeonato. Todos sabemos o poder de um Derby, uma vitória pode espantar a crise, já uma derrota pode afundar ainda mais o time.