Confira a lista dos maiores artilheiros da Copa do Mundo

Atualizado: 6 de Jun de 2018


O artilheiro Klose levantando a taça com a seleção alemã em 2014
O artilheiro Klose levantando a taça com a seleção alemã em 2014. Foto: Divulgação/Oficial

Faltam apenas dez dias para Copa do Mundo da Rússia, e a De Prima entrou no clima do maior evento do futebol. No pontapé inicial da nossa preparação para o Mundial de seleções, listamos os maiores artilheiros da Copa do Mundo. Confira abaixo:

Miroslav Klose O atleta germânico, que se aposentou em 2016, balançou as redes 16 vezes durante as quatro Copas do Mundo que disputou (2002, 2006, 2010, 2014) e é o maior artilheiro da competição. Seu grande momento foi na Copa de 2006, quando fez 5 gols e recebeu a chuteira de ouro.


Ronaldo Fenômeno O vice-artilheiro de todas as Copas é o brasileiro Ronaldo Nazário de Lima. O craque da camisa 9 marcou 15 gols durante os três Mundiais que disputou como titular (1998, 2002, 2006), e viveu seu grande momento na Copa de 2002, sendo artilheiro com oito gols. Naquela oportunidade, o Fenômeno levou o Brasil ao título.


Gerd Müller O alemão Gerhard Mueller disputou os torneios de 1970 e 1974 defendendo a Alemanha Ocidental e balançou as redes em 14 oportunidades. Apesar de ter sido campeão em 1974, viveu seu grande momento na Copa anterior, quando marcou dez gols e foi o maior marcador da competição.


Just Fontaine Nascido na época em que o Marrocos era uma colônia da França, Fontaine defendeu a Le Bleu na Copa de 1958 e marcou incríveis 13 gols. Até hoje, ele é o maior goleador do torneio em uma única edição.


Pelé O quinto da lista é o “Rei do Futebol”. Edson Arantes do Nascimento marcou 12 gols nas quatro Copas que disputou (1958, 1962, 1966 e 1970). Viveu grandes momentos em 1958, quando fez três gols na semi e dois na final, levando o Brasil ao título. Já em 1970, quando marcou quatro gols na Copa, foi eleito o melhor jogador da competição, ajudando o Brasil na conquista do tricampeonato mundial.


Jürgen Klinsmann Mais um alemão da lista, o atual treinador Jurgen Klinsmann marcou 11 vezes em três Copas (1990, 1994 e 1998) e foi campeão com sua seleção em 1990. Seu auge com a Mannschaft aconteceu em 1994, quando foi vice-artilheiro da competição com cinco gols marcados.


Sandor Kocsis Considerado um dos melhores cabeceadores da história do futebol mundial, o húngaro Sandór Kocsis marcou 11 gols na Copa de 1954, quando a Hungria foi vice-campeã. Além de seu excelente cabeceio, Kocsis era ambidestro.


Helmut Rahn Rahn, que fez 4 gols no Mundial de 1954, marcou duas vezes na final contra a poderosa Hungria de Puskás e deu o título para a Alemanha no famoso “Milagre de Berna”. Além disso, ele disputou outra Copa quatro anos depois e, junto com Pelé, foi o vice-artilheiro com 6 gols.


Thomas Muller O atacante do Bayern de Munique disputou duas Copas do Mundo (2010 e 2014) e marcou dez gols. Atualmente, ele é o único que pode ultrapassar Miroslav Klose na artilharia histórica da competição. Campeão com a Alemanha em 2014, Muller ficou famoso em 2010, quando foi artilheiro e revelação da Copa da África do Sul.


Menções Honrosas Além de Helmut Rahn e Thomas Muller, existem mais quatro jogadores que marcaram dez gols durante suas participações em Copas do Mundo: Gary Lineker (Inglaterra) em 1986 e 1990; Gabriel Batistuta (Argentina) em 1994, 1998 e 2002; Teófilo Cubillas (Peru) em 1970, 1978 e 1982 e Grzgorz Lato (Polônia) em 1974, 1978 e 1982.