• marcela lima

Crespo chega a 50 partidas comandando o São Paulo; veja retrospecto


O técnico argentino Hernan Crespo chegou a 50 partidas pelo São Paulo diante do Atlético-MG, no último sábado (25) no empate em 0 a 0 no Morumbi.


Crespo chegou ao Clube em fevereiro deste ano e nas 50 partidas comandadas, possui 24 vitórias, 16 empates e dez derrotas, 86 gols marcados e 47 gols sofridos, com aproveitamento em média de 59%.


Nesse período, o treinador chegou a conquistar o Campeonato Paulista, tirando o jejum do Clube de quase nove anos sem conquistar nenhum campeonato. Porém, logo após o título, a equipe não conseguiu seguir na Copa Libertadores (dez jogos, quatro vitórias, quatro empates e duas derrotas) – sendo eliminada pelo rival Palmeiras – e Copa do Brasil (seis jogos, três vitórias, um empate e duas derrotas) para o Fortaleza, não apresentando um bom desempenho em seu futebol.



Crespo conquistou o Paulistão 2021 pelo São Paulo | Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Com apenas o Campeonato Brasileiro para disputar, o desempenho do técnico não vive o melhor momento como era na conquista do Campeonato Paulista. O apoio de “100% fechado com Crespo” vindo dos torcedores, ultimamente tem sido “Crespo está flertando com a demissão”, como muitos são-paulinos têm se manifestado nas redes sociais.


Isso porque a equipe não empolga no Brasileirão e chegou a flertar com a zona de rebaixamento, não conseguindo se distanciar para poder figurar o G-6 da competição, o qual é o objetivo do treinador. Mesmo com o aval da diretoria são-paulina garantindo a permanência de Crespo, o time precisa se recuperar e apresentar um bom futebol novamente, para o argentino não ter seu cargo ameaçado ainda mais devido aos resultados.


O São Paulo vem dois empates, uma vitória e duas derrotas respectivamente no Brasileirão e Copa do Brasil. Na tabela da única competição que disputa, a equipe está na 12ª posição com 27 pontos conquistados, com seis vitórias, sete empates e sete derrotas.


O próximo compromisso do Tricolor Paulista é somente no próximo domingo (03) contra a Chapecoense, pela 23ª rodada, às 16h (horário de Brasília), na Arena Condá, em Chapecó precisando urgentemente de uma vitória para ganhar tranquilidade.