• Leonardo Cruz

DEPOIS DE CONQUISTAR A EUROPA, AS LEOAS LARANJAS QUEREM DOMINAR O MUNDO


Foto: Getty Images

Qual o segredo para se alcançar o sucesso? Isto é algo muito difícil de responder, ainda mais quando tratamos de um esporte como o futebol, que além de ser coletivo, muitas vezes conta com o imponderável para se chegar a um resultado. Por isso, que é uma das modalidades esportivas mais apaixonantes em todo o mundo.


A seleção holandesa feminina de futebol que fará sua estreia na Copa do Mundo hoje, às 10h, contra a forte Nova Zelândia talvez saiba este segredo, pois mesmo não tendo tanta tradição, chega a esta edição do Mundial com certo favoritismo. Isto, porque em 2017, jogando em casa, conquistou o inédito título da Eurocopa vencendo a Dinamarca na grande decisão.


A partir desta glória conquistada há dois anos, o mundo do futebol passou a ver as meninas da Holanda com outros olhos, olhar que coloca as Leoas Laranjas como uma das candidatas ao título desta Copa. Se ganhar, além de apagar a campanha ruim do último Mundial, em que a Holanda foi eliminada pelo Japão nas oitavas de final e terminou na décima terceira colocação, as holandesas que nunca tiveram tradição no futebol feminino começam a ter o domínio do cenário mundial, com duas conquistas extremamente importantes num período de dois anos.


O elenco laranja, que tem no seu comando técnico Sarina Wiegman, conta com atletas de alto nível como Vivianne Miedema que é considerada uma das melhores jogadoras do mundo e Shanice Van de Sanden. Juntas, elas formam um ataque extremamente veloz e que potencializa muito a capacidade ofensiva da seleção holandesa.


A Holanda está no grupo E, que além da Nova Zelândia, adversária de hoje, conta com Canadá e Camarões que já se enfrentaram ontem e as canadenses venceram pelo placar de 1x0.


JOGOS DA HOLANDA NA PRIMEIRA FASE:


Nova Zelândia x Holanda, 11/06, às 10h - Stade Océane

Holanda x Camarões, 15/06, às 10h - Valenciennes

Holanda x Canadá, 20/06, às 13h - Reims