• Leonardo Mendes

DINASTIA CARIOCA

O Inter tropeça, e mesmo com a derrota para o São Paulo no Morumbi, o Flamengo e conquista seu oitavo campeonato Brasileiro.

Time do Flamengo comemorando o titulo do Brasileirão 2020 - Foto: Marcos Ribolli


Em pontos corridos sempre existem inúmeras "finais" durante todo o campeonato, tivemos São Paulo e Atlético-MG, Inter e São Paulo, e Agora duas simultâneas, São Paulo e Flamengo, e Inter e Corinthians.


Mesmo com a distancia de quase 1.300km, os dois jogos estavam muito mais perto do que se era imaginado, a cada lance de um, influenciaria no outro, deixando cada vez mais tenso as partidas. E foi assim no Morumbi, para o Flamengo, de Rogério Ceni, uma vitoria simples bastava para não depender de mais ninguém para levantar a taça. Mas o São Paulo estava, além de querer estragar (mais uma vez) a noite carioca, em busca da vaga direta para a Libertadores. Ou seja, ninguém estava afim de perder.


O tricolor, comandado por Vizolli mas com um dedo de Crespo na escalação, entrou em campo com uma formação diferente. Igor Gomes foi sacado, e para seu lugar o defensor Diego Costa foi escalado, para formar três zagueiros. Estratégia que neutralizou o time do Flamengo, que não conseguiu criar grandes chances no primeiro tempo.


Mas como um verdadeiro carrasco, Já nos 50 do primeiro tempo, Luciano colocou com uma luva a bola o canto esquerdo do goleiro Hugo. 1 a 0 São Paulo, que garantia a vaga direta para a liberta, e o artilheiro da competição, fato que não ocorre desde de 2002, quando Luís Fabiano foi artilheiro do campeonato com 19 gols.


Na volta para o segundo tempo, os times não mudaram a estratégia, mas a intensidade se manteve. O Flamengo pressionou muito, da forma que já estava fazendo. E após o escanteio cobrado, Gustavo Henrique subiu no quinto andar, escorou e Bruno Henrique só teve o trabalho de empurrar para as redes aos 6 minutos do segundo tempo. Jogo empatado, mas que não resolvia a situação dos cariocas, que a qualquer gol do Internacional, o titulo iria embora. Porém, se tem uma coisa "boa" nesta temporada do São Paulo, é que jogar com o alvinegro é sinônimo de vitória. Pablo, logo em seguida, aos 13 minutos, aproveitou a falha de Hugo e o belo passe de Daniel Alves para marcar. O camisa nove não fazia um gol desde do dia 18 de novembro de 2020, contra quem? contra o mesmo Flamengo, só que nas quartas de final da Copa do Brasil.


O jogo se arrastou até o final com o mesmo cenário que o jogo começou, o São Paulo marcando muito e anulando as investidas carioca, e o mengão tentando a todo custo virar a partida, mas não deu outra. O tricolor venceu, garantiu sua vaga direta na libertadores, mas agora a angustia ficava no celular. O jogo acabou poucos minutos antes do apito final no Beira-Rio, e todos os jogadores sintonizados, prontos soltar o grito.


Após muitas polêmicas (gols anulados e VAR), o último apito foi dado no Sul, e em São Paulo a festa começou! Flamengo é Bi campeão Brasileiro, e chega a um total de oito títulos da maior competição nacional. Já o São Paulo, ficou com dor no cotovelo, ao ver seu "ex" melhor do que ele, levantando a taça por um rival, em um estádio que tanto o consagrou.