• Leonardo Cruz

EDIÇÃO DO UFC WASHINGTON TRÁGICA PARA OS HOLANDESES

Atualizado: 7 de Jan de 2020


Foto: Jeff Bottari / Getty Images

A edição do UFC Washington realizada no último sábado (07/12), proporcionou grandes emoções ao público presente no “Capital One Arena”. Dos doze combates do card, o principal destaque fica para a luta entre o holandês Alistair Overeen e Jairzinho Rozenstruik, em combate válido pela categoria peso-pesado.


Nas lutas válidas pelo card preliminar, destaque para o combate entre o brasileiro Thiago Pitbull e o estadunidense Tim Means, disputa válida pela categoria peso meio-pesado.


Desde os primeiros segundos da luta, Thiago Pitbull tentou controlar o centro do octógono para aplicar seu jogo, e com isso, combinar socos e chutes, para tentar desestabilizar seu oponente. Means por sua vez, tentava se aproveitar da aproximação do brasileiro para levar o combate ao solo.


Percebendo a dificuldade para derrubar Pitbull, o estadunidense rapidamente modificou sua estratégia e com um vacilo do brasileiro, conseguiu acertar um potente soco, derrubando imediatamente o lutador cearense. No chão, Means castigou o brasileiro com uma série de socos, até encontrar um espaço para encaixar uma guilhotina, obrigando Thiago a bater em desistência.


Com a vitória, o estadunidense Tim Means alcançou a marca de 29 triunfos em sua carreira profissional, além de se recuperar da derrota para Niko Price, no UFC Fight Night, realizado em março deste ano. Já o brasileiro Thiago Pitbull, que agora acumula dois reveses consecutivos na organização, chega a sua décima quinta derrota em seu cartel.



Foto: Jeff Bottari / Getty Images

Em outro combate que foi decidido ainda no primeiro round, o estadunidense Bryce Mitchell venceu por finalização seu compatriota Matt Sayles, em luta válida pela categoria peso-pena. O combate começou muito equilibrado, com os dois lutadores bem cautelosos, mas na primeira oportunidade que teve, Mitchell conseguiu encaixar um twister, golpe tradicional do Jiu-Jitsu, obrigando seu oponente a bater em desistência.


Com mais este triunfo na carreira, Bryce Mitchell se mantém invicto no MMA, alcançando a sua décima segunda vitória como profissional, enquanto Matt Sayles, que vive momentos de instabilidade no Ultimate, perdeu metade das últimas seis lutas disputadas.


Nos combates válidos pelo card principal, os holandeses Alistair Overeem, que fez a luta principal da noite e, Stefan Struve decepcionaram o público presente no “Capital One Arena”, sendo derrotados por knockout para Jairzinho Rozenstruik e Ben Rothwell respectivamente.


Jeff Bottari / Getty Images

O primeiro dos holandeses a subir no octógono foi Stefan Struve, que lutou pela categoria peso-pesado contra o estadunidense Ben Rothwell. A luta começou muito equilibrada, com os dois lutadores tentando envolver o adversário mas sem a contundência necessária para conseguir o knockout.


Ainda no primeiro round, Rothwell acertou um golpe baixo no holandês que demorou a se recuperar, quando o combate voltou, pouca emoção foi proporcionada pelos lutadores. No segundo round, Struve ameaçou com algumas combinações de golpes, mas que foram bem defendidos pelo estadunidense, que novamente acertou um golpes ilegal no adversário. A repetição da irregularidade por parte de Ben Rothwell levou a arbitragem a tirar um ponto do lutador.


Mas este ponto descontado não fez qualquer diferença, ainda no segundo round, Ben Rothwell mudou a estratégia e partiu para o ataque, pressionando Stefan Struve e acertando uma potente combinação de socos até conseguir o knockout.


Com a vitória, o estadunidense Ben Rothwell se recuperou dos três reveses consecutivos no UFC e alcançou a marca de 37 triunfos na carreira profissional, em contrapartida, o holandês Stefan Struve acrescentou a décima segunda derrota em seu cartel.



Foto: UFC Divulgação

Na luta principal do UFC Washington, outro holandês, Alistair Overeem desafiou o surinamês Jairzinho Rozenstruik, em luta válida pela categoria peso-pesado e foi surpreendido já nos segundos finais da luta com um knockout arrasador.


Durante o primeiro round, era clara a estratégia de cada lutador, enquanto Overeem buscava a luta no solo, Rozenstruik se desvencilhava das investidas do holandês, estudando cada movimento de seu adversário. Nos minutos finais do round, Alistair conseguiu levar o combate para o chão, mas sem qualquer objetividade.


Na volta para o segundo round, Overeem manteve o estilo, pressionando o rival contra a grade sempre buscando a derrubada, mas desta vez, sem sucesso. Após pouca ação dos dois lutadores, o árbitro interferiu, colocando o combate novamente no centro do octógono. Rozenstruik aproveitou para tentar golpear o holandês que apenas se defendeu até o final dos 5 minutos.


O terceiro round teve enredo um pouco diferente, no início os dois lutadores mantiveram-se em pé com a imposição de alguns golpes, mas sem maior efetividade, com o passar do tempo, Overeem conseguiu aplicar a queda e no chão, passou a golpear o surinamês com socos e cotoveladas, mas sem conseguir obter o knockout.


Rozenstruik partiu para o ataque no penúltimo round, aplicando uma dura sequência de golpes em Alistair que se limitava a ficar na defesa para sobreviver até o intervalo. Na volta para o quinto round, a disputa foi mais equilibrada, os dois lutadores, já cansados buscavam golpear o adversário com o objetivo de não permitir que o combate fosse decidido por pontos. Faltando menos de 10 segundos para o término da luta, Rozenstruik acertou uma sequência de golpes no holandês que sucumbiu diante da pressão sofrida. Um dos socos aplicados pelo surinamês literalmente rasgou o lábio superior de Overeem.


Com esta impressionante vitória, Jairzinho Rozenstruik mantém sua invencibilidade na carreira profissional, agora com 10 triunfos, já o experiente holandês Alistair Overeem acrescentou a décima oitava em seu cartel.


DEMAIS RESULTADOS DO UFC WASHINGTON


CARD PRINCIPAL:

Marina Rodriguez e Cynthia Calvillo empataram por decisão majoritária;

Aspen Ladd venceu Yana Kunitskaya por knockout no 3º round;

Cody Stamann e Song Yadong empataram por decisão majoritária;

Rob Font venceu Ricky Simón por decisão unânime.


CARD PRELIMINAR:

Billy Quarantillo venceu Jacob Kilburn por finalização no 2º round;

Joe Solecki venceu Matt Wiman por decisão unânime;

Virna Jandiroba venceu Mallory Martin por finalização no 2º round;

Makhmud Muradov venceu Trevor Smith por knockout no 3º round.