• Mateus Reis

EM JOGO MOVIMENTADO, FLUMINENSE E SANTOS FICAM SÓ NO EMPATE

Fluminense e Santos fizeram jogo valido pela 21º rodada do Campeonato Brasileiro no Maracanã, na noite de hoje (26) as 20:00. A partida terminou em empate por 1 a 1 com gols de Lucas Veríssimo (contra) e Soteldo para o Peixe e três expulsões: Digão e Frazan para o Tricolor e pelo lado do Santos, Marinho foi para o chuveiro mais cedo.

Foto: André Durão

O duelo começou com os dois times buscando a todo momento o gol e deixando a partida em aberto. Fluminense estava procurando controlar um pouco mais a bola e trocar mais passes no campo do adversário. O Santos não estava sofrendo muito com a posse de bola do Tricolor e foi quem chegava perto de abrir o placar, porém não demorou muito e em linda jogada de Soteldo que passou pela defesa adversária e marcou um lindo gol para o Peixe. Quando todos imaginavam que o Alvinegro fosse para o intervalo em vantagem no placar, no finalzinho Nenê mandou a bola para a área e Veríssimo afastou mal e acabou marcando contra e acabou empatando o jogo.

Segundo tempo os dois clubes voltaram com mudanças: o Fluminense voltou com Wellington Nem no lugar de Yony González e no Santos Derlis González deu lugar para Carlos Sánchez. Parecia até um replay do que havia acontecido no primeiro tempo, a partida continuava muito em aberto sem nenhum dos times conseguindo controle sobre o duelo, pelo contrario no desenrolar do jogo as duas equipes foi criando grandes oportunidades claras de buscar que foram desperdiçadas que fizeram muita falta.

O VAR entrou em ação e chamou o arbitro para analisar uma possível agressão de Digao em Marinho. E, realmente o zagueiro do time das laranjeiras havia agredido o atacante santista. Não demorou muito e em contra-ataque puxado por Marinho, Frazan cometeu falta muito dura e acabou sendo expulso também. E quem diria que o camisa 11 do Santos responsável pelas expulsões dos rivais iria ser expulsa com dois cartões amarelos, fazendo faltas bestas.

Na etapa final houve uma confusão entre Oswaldo Oliveira e Paulo Henrique Ganso. A discussão começou quando o meia do Flu, saiu insatisfeito ao ser substituído e começou a xingar o seu técnico, que não deixou barato e respondeu com ofensas.

Mesmo depois de todos esses acontecidos no jogo, a partida terminou em empate por 1 a 1, um resultado que não ajudou nenhuma das duas equipes que tem objetivos distintos no Brasileirão.