• Mateus Reis

EM PARTIDA DIFÍCIL, PALMEIRAS VENCE ATLHETICO-PR E DISPARA NA LIDERANÇA

Raphael Veiga entra faz de Pênalti, e garante mais uma vitoria para o Palmeiras em cima Atlhetico- PR.


Em jogo bem truncado e cheia de faltas, Palmeiras vence no Allianz Parque, na tarde de sábado e mantém a liderança do campeonato Brasileiro. Com isso a equipe Alviverde mantém sua série invicta que já passa dos 30 jogos.


Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte


Palmeiras começou o jogo mantendo o padrão de quando atua sobre seus domínios. O time pressionou muito o Atlhetico, durante os primeiros 15 minutos do primeiro tempo. O furação conseguiu se segurar bem e chegou a sua primeira finalização com Nikão, após cobrar uma ótima falta para grande defesa de Weverton. A partir deste lance o jogo começou a ficar um pouco mais equilibrado com o time visitante gostando mais da partida e tendo iniciativa para chegar ao ataque e finalizar no gol adversário. Foi então ai que o árbitro começou a chamar atenção pelo aspecto negativo, marcando faltas bobas, e irritando as duas equipes. Depois de um choque entre Weverton e Nikão, no primeiro momento o juiz decidiu marcar a falta e expulsar o jogador do Furação, dando há entender que foi uma agressão e não um lance sem intenção de machucar o goleiro do Verdão. Após ser feita uma analise, o juiz é chamado pelo VAR, para revisar o lance chegando a conclusão que foi uma falta para amarelo. E então o vermelho é anulado, e Nikão recebe apenas o cartão amarelo.

A primeira etapa apesar de ter sido muito equilibrada entre ambas as equipes, houve um destaque em especial que foi o arqueiro Alviverde. Weverton, fez duas grandes defesas evitando o gol do Atlhetico. E a cada jogo que se passa vem caindo nas graças da torcida.


Foto: Bruno Ulivieri / Ofotografico


Na etapa complementar o Verdão voltou com Moisés no lugar de Bruno

Henrique que se sentiu indisposto. O time melhorou e voltou bem, começou a pressionar e subir a marcação para roubar a bola e finalizar no gol. Após uma grande jogada Dudu cruzou para Zé Rafael que perdeu um gol incrível. Palmeiras martelava em busca de seu primeiro gol, e continuava a indo para cima do Atlhetico, que nem de longe lembrava aquela equipe do primeiro tempo que estava tendo posse de bola e finalizando. Depois de algumas alterações feita por Felipão:Raphael Veiga entrou no lugar de Lucas Lima a equipe de Palestra Itália, continuou levando mais perigo ao gol de Santos. O Alviverde a os 32 do segundo tempo, consegue chegar ao seu gol com Veiga de pênalti, após Dudu, ser derrubado por Marcio Azevedo na área. Após o gol a equipe mandante ficou mais tranquila na partida e soube controlar o final do jogo.

A questão que fica é: Quem será o responsável por acabar com a invencibilidade do Palmeiras no Brasileirão? O time que está a cada partida com a defesa mais solida e um ataque letal.