• Leonardo Cruz

EMPATE NO ÚLTIMO MINUTO EM GOIÂNIA MANTÉM CORINTHIANS NO G4 DO BRASILEIRÃO


Foto: Agência Corinthians

O Corinthians empatou com o Goiás pelo placar de 2x2 na noite desta quarta-feira (16/10), em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. O jogo foi realizado no estádio Serra Dourada, localizado na cidade de Goiânia-GO.


Com algumas alterações na equipe titular, o Corinthians de Fábio Carille iniciou o jogo com uma postura completamente diferente das últimas partidas. A boa movimentação ofensiva, principalmente durante os 30 primeiros minutos, permitiu ao Timão a criação de diversas jogadas que levaram muito perigo ao gol de Tadeu.


Mas a primeira boa chegada foi dos donos da casa, aos 6 minutos, Michael recebeu passe de Rafael Moura, deu um drible desconcertante em Cássio e fez o gol, que foi prontamente anulado pela arbitragem, por impedimento do atacante. Quatro minutos mais tarde, veio a resposta do Corinthians, Fágner fez cruzamento pela direita, Gustavo desviou e a bola sobrou para Janderson, livre, concluir para o fundo das redes de Tadeu.


Com a vantagem no placar, o Corinthians passou a controlar mais a partida, não permitindo que o Goiás conseguisse criar suas ações ofensivas. Aos 29 minutos, Mateus Vital recebeu passe na meia esquerda e arriscou um perigoso chute que passou muito perto do gol do arqueiro esmeraldino.


Aos poucos, o time goiano começou a ter mais posse de bola e proporcionar maior dificuldade ao Corinthians. Aos 36 minutos, Michael recebeu passe pouco a frente da linha do meio-campo, carregou a bola com liberdade e arriscou o chute de longe, surpreendendo o goleiro Cássio e fazendo um golaço. Após o empate, os donos da casa passaram a dominar o jogo, e nos minutos finais da etapa inicial, equilibraram a posse de bola além de superar os visitantes no número de finalizações.


Na volta para o segundo tempo, o Goiás manteve o ritmo dos instantes finais da etapa inicial, passando a pressionar o Corinthians, mas logo aos 3 minutos, foi o Alvinegro que obrigou o goleiro Tadeu a fazer grande defesa em um forte chute do volante Ralf de fora da área. Dois minutos mais tarde, os goianos responderam com muito perigo, Rafael Vaz recebeu cruzamento e chutou forte, a bola passou muito perto do gol de Cássio.


Aos 11 minutos, após lançamento do goleiro Tadeu, Yago Felipe apareceu na frente de Cássio, o meia encobriu o goleiro, mas Bruno Méndez foi rápido e conseguiu tirar a bola antes de entrar no gol. Outro lance de perigo contra os paulistas aconteceu aos 17 minutos, o zagueiro Rafael Vaz pegou rebote da defesa e acertou uma bomba que passou muito perto do gol Alvinegro.


Michael, um dos melhores jogadores em campo, recebeu lançamento da defesa aos 23 minutos, se aproveitou da bobeira do lateral Carlos e do goleiro Cássio e com o gol completamente vazio chutou a bola para fora. Dois minutos depois, Leandro Barcia recebeu cruzamento da esquerda e acertou ótima cabeçada, indefensável para o goleiro do Corinthians. Tentando buscar o gol de empate, o time de Fábio Carille partiu para o ataque, as coisas começaram a ficar mais fáceis quando Michael, aos 38 minutos, deu uma entrada dura em Régis e foi expulso pela arbitragem.


Nos minutos finais, o zagueiro Gil se aventurou ao ataque e após cruzamento de Régis, acertou uma forte cabeçada, mas o goleiro Tadeu fez grande defesa. Instantes depois, em um lance polêmico, a bola bateu no braço do defensor do Goiás dentro da área, com a ajuda do VAR, o árbitro marcou pênalti para o Corinthians e por reclamação, expulsou Rafael Moura. Na cobrança, Gustavo chutou firme no meio do gol para empatar a partida.


Com o resultado, o Corinthians se manteve na quarta colocação, agora com 44 pontos. Já o Goiás, nono colocado, chegou aos 37 pontos e vê o risco de rebaixamento ser cada vez menor.


Na próxima rodada, o Corinthians recebe o Cruzeiro na capital paulista e, o time comandado por Ney Franco vai até a Arena Condá enfrentar a Chapecoense.