• Paulo de Paula

FAVORITAS EUA E SÉRVIA DÃO ADEUS, E MUNDIAL SE TORNA HISTÓRICO E IMPREVISÍVEL NAS SEMIS


Kemba Walker agoniza eliminação de sua seleção. Foto: GettyImage

O Mundial de basquete na China nem acabou, mas já tem todos os requintes para ficar marcado na história. Hoje, os EUA perderam para a França por 89 a 79 e se despediram da competição. Nem mesmo a grande atuação de Donovan Mitchell (29 pontos) foi capaz de superar os franceses, que contaram com Evan Fournier (22 pontos) e Rudy Gobert (16 rebotes) como destaques para sacramentar a partida. Os americanos não perdiam em competições oficiais desde as olimpíadas de 2006.


O resultado surpreendente de hoje se junta ao de ontem, quando a Sérvia, outra grande favorita na Copa, foi derrotada para a Argentina pela mesma diferença de pontos - 97 x 87. O veterano Luis Scola combinou com Facundo Campazzo para 38 pontos, 11 rebotes e 14 assistências, resultando na queda dos sérvios liderados por Nikola Jokic, estrela da NBA.


Agora, as semis estão decididas. Espanha x Austrália e Argentina x França brigam por 2 vagas na final. São apenas 2 títulos mundiais nas disputas, sendo que franceses e australianos nunca chegaram a ser finalistas da competição na história. Os duelos imprevisíveis prometem ter muito equilíbrio e dar grandes emoções aos amantes de basquete no mundo.