• Leonardo Cruz

FESTA E CLASSIFICAÇÃO COLORADA NO SUL


Foto: Internacional Divulgação

O Internacional venceu o Palmeiras na noite desta quarta-feira, 17/07, pelo placar de 1x0 (5x4 nos pênaltis) e se classificou para as semifinais da Copa do Brasil. O jogo foi realizado no estádio Beira Rio, localizado na cidade de Porto Alegre/RS.


Dominando as principais ações ofensivas desde o princípio do jogo, o Inter não sentiu o fato de estar em desvantagem na eliminatória e controlou o Palmeiras em praticamente toda a primeira etapa. Verdade que os gaúchos criaram poucas jogadas de perigo, mas era o time comandado por Odair Hellmann que determinava o ritmo da partida.


Em ótima trama do ataque colorado aos 26 minutos, Paolo Guerrero se livrou de Gustavo Gómez e chutou forte para boa defesa de Weverton. Aos 40, o Inter criou excelente jogada pela direita, e a bola sobrou para Patrick que acertou um belo chute, sem chances para o goleiro palmeirense. Com a vantagem no placar, os gaúchos diminuíram o ritmo e permitiram que o Palmeiras aumentasse seu volume de jogo.


Dois minutos depois do gol colorado, Dudu recebeu ótimo passe na entrada da área, chutou para boa defesa de Lomba. Esta foi a principal chance de gol dos paulistas na etapa inicial.


No retorno para o segundo tempo, as duas equipes voltaram decididas a deixar o Beira Rio classificadas. Aos 7 minutos, após excelente cruzamento, Nico López finalizou com força, mas Weverton estava muito atento no lance. Aos 35 minutos, o árbitro marcou pênalti para o Palmeiras, mas minutos depois, após rever o lance no monitor, cancelou a penalidade. Já nos acréscimos, o Inter fez o gol que daria a classificação, com Víctor Cuesta, mas o árbitro também anulou, desta vez, alegando falta de ataque do atleta do Internacional.


No momento da anulação do gol, alguns jogadores do Inter tiveram um pequeno desentendimento com a arbitragem, a pior situação foi de Andrés D’Alessandro que exagerou na reclamação e foi expulso pelo árbitro do jogo.


Nos minutos finais da partida, principalmente nos acréscimos, o clima do jogo ficou muito tenso e as duas equipes abdicaram das jogadas ofensivas, optando por administrar o resultado que levaria a decisão para as penalidades.


Nas cobranças de pênaltis, o Inter foi mais eficiente, acertando cinco de seis batidas, já o Palmeiras não obteve o mesmo êxito, Gustavo Gómez e Moisés desperdiçaram suas cobranças, com isso, dando classificação do Internacional.


Na próxima fase o Inter vai enfrentar o Cruzeiro que eliminou seu rival, Atlético-MG. Já o Palmeiras que vai enfrentar o Ceará no próximo sábado pelo Brasileirão, terá pouco tempo para se recuperar desta decepção, pois na próxima semana já haverá jogo de ida da Conmebol Libertadores contra o Godoy Cruz na Argentina.