• Thais Teixeira

TIMES DE MOGI DAS CRUZES BRILHAM NA FINAL DO PAULISTÃO DE FUTEBOL DE AMPUTADOS 2019

Corinthians venceu o Instituto Só Vida por 3 a 0 e garantiu o Penta.


Equipe de amputados Corinthians/Mogi conquista a taça do Paulistão. (Foto: Thais Teixeira/ De Prima)

Corinthians/Mogi enfrentou o Instituto Só Vida e venceu por 3 a 0 na manhã do ultimo sábado (27), no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, pela 10° edição do Campeonato Paulista de Futebol de Amputados. Com 8 vitórias em 9 jogos, o Timão conquistou de forma invicta e teve a melhor campanha do campeonato. O Alvinegro fez 61 gols na competição, e garantiu a taça pela 5° vez consecutiva.

O primeiro tempo foi equilibrado, o jogo começou com chances para os dois lados, mas, o Timão saiu na frente com gol de Alan Eduardo. Após o gol, em disputa dentro da área a arbitragem assinalou pênalti para o Instituto Só Vida, que desperdiçou a chance de empatar a partida logo no primeiro tempo. Serginho bateu no canto esquerdo do goleiro Gabriel, que fez uma grande defesa. Com alguns erros da equipe do Instituto, o técnico Willian Abreu não perdeu tempo, logo, solicitou parada técnica por causa da pressão corintiana.


Goleiro do Corinthians evita empate após defender pênalti no primeiro tempo. (Foto: Thais Teixeira/ De Prima)

No segundo tempo o Corinthians continuou atacando forte, o goleiro Fabio fez grandes defesas, impedindo a ampliação do placar, mantendo as esperanças da equipe de chegar ao empate. Mas, Felipe Gonçalves conseguiu furar a zaga e marcar o segundo gol.

Houve muitas reclamações por parte dos atletas do Instituto Só Vida. A equipe de arbitragem ficou cercada, e após levar o segundo amarelo, o capitão Fabio foi expulso e ficou inconformado.


Goleiro do Instituto Só Vida momentos antes da expulsão. (Foto: Thais Teixeira/ De Prima)

Com um a menos, o jogo esquentou, ficou mais difícil para a equipe Só Vida alcançar o placar, com muita marcação da equipe corintiana. Os atletas do Instituto sentiu a pressão, e no finalzinho da partida tomou o terceiro gol. Bastou apenas o Marcelino Cardoso finalizar para o fundo das redes, e correr para o abraço corintiano, soltando o grito de Penta Campeão.


"Sempre é um jogo muito pegado entre Corinthians Mogi e Instituto, e muitas vezes a arbitragem deixa a desejar, por ser uma partida quente, sai faísca dos dois lados. Tivemos um atleta expulso e isso acabou dificultando para nós, mas, foi um jogo bom, ambos desempenharam um bom futebol”, disse o técnico William ao término da partida.


Capitão relata má interpretação do árbitro no lance que gerou sua expulsão. (Foto: Thais Teixeira/ De Prima)

“Fui avisar ao árbitro para que a cobrança da falta do adversário fosse feita rapidamente, mas ele interpretou errado, me deu o segundo amarelo e acabei sendo expulso. A equipe do Corinthians é hoje a melhor equipe do Brasil, mereceram o titulo, mas 3 a 0 foi injusto, poderíamos ter feito um resultado melhor”, afirma o goleiro Fábio.

CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO

Com a presença de Bruno Covas, Prefeito da Cidade de São Paulo, a cerimônia para a entrega da premiação das equipes e premiação individual, foi realizada na quadra society do Parque Ibirapuera, local dos jogos da disputa do 1º ao 3º colocado. Também estava na cerimônia, Rogério Almeida, Vice Presidente da Associação Brasileira de Desporto para Deficientes Físicos.


PREMIAÇÃO INDIVIDUAL

Gabriel Magalhães, atleta do Corinthians, foi premiado com o troféu de goleiro menos vazado. O atacante Rogerinho R9, também do Corinthians, recebeu o troféu de artilheiro, foram 22 gols marcados.

Rodrigo Oliveira, treinador da equipe corintiana, foi eleito o melhor treinador da competição. O atleta Bruno Santos, da Ponte Preta, 4º colocado do Campeonato Paulista, e Nika do Santos, conquistaram o troféu revelação.


“Esse prêmio é individual, mas se não fosse à equipe, nada disso seria possível. Fica pra história nosso time ser campeão pelo quinto ano seguido, e esse troféu é resultado de muito trabalho e dedicação”, afirma Rogerinho R9, após receber prêmio individual de artilheiro.

PREMIAÇÃO DAS EQUIPES

Na premiação das equipes, Bruno Covas entregou os troféus. Em 3º colocado, São Paulo foi o primeiro a receber a taça das mãos do Prefeito. Em 2º o Instituto Só Vida, o goleiro Fábio recebeu o troféu. O CAMPEÃO Corinthians/Mogi, o troféu foi entregue ao Rogerinho R9, o artilheiro, que levantou a taça e comemorou com sua equipe.



GALERIA DE FOTOS

PARQUE IBIRAPUERA (27/07/2019)


Fotos: THAIS TEIXEIRA



© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud