• Bruno Cardoso

Futebol feminino do Corinthians se reapresenta e categoria sub-17 é a grande novidade

Atualizado: 20 de Jan de 2019

Atual campeão brasileiro, o elenco de futebol feminino ganhou 6 caras novas, além de uma categoria sub-17 que será comandada pela ex jogadora Daniela Alves


GERO RODRIGUES/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO

Após um 2018 impecável no futebol feminino, o Corinthians se reapresentou nessa quinta-feira (17). Do time campeão brasileiro em 2018, foram mantidas 18 atletas, entre elas cinco que estão convocadas para a seleção brasileira: as goleiras Lelê e Tainá, a zagueira Erika e as atacantes Adriane e Milene. Além do técnico Arthur Elias, que está no Timão desde 2016, e já soma três títulos (Copa do Brasil de 2016, Libertadores de 2017 e Brasileiro de 2018) e mais de 100 jogos no clube. Neste ano, o Timão disputará o Brasileiro (a partir de março), Paulistão (a partir de abril) e a Taça Libertadores (ainda com data indefinida).


Com o objetivo de dar continuidade no trabalho que vem sendo feito desde 2016, o Corinthians já anunciou a chegada das jogadoras que vão reforçar o elenco, que são até o momento, a goleira Taty Amaro (ex-São José), a lateral Juliete (ex-Santos), a zagueira Di (ex-Rio Preto) e as meio-campistas Giovanna Crivelari (ex-Kindermann), Indryd (ex-Sport) e Victória Albuquerque (ex-Minas).


A principal novidade do futebol feminino do Timão, porém, está na base. O clube anunciou a criação de uma categoria sub-17, que terá como treinadora a ex-jogadora Daniela Alves, de 35 anos. E os trabalhos já tem data para começar, entre os dias 29 e 31 de janeiro, a nova treinadora estará com o técnico da equipe principal Arthur Elias comandando a primeira peneira para o time da base, no Parque São Jorge, em São Paulo.


As inscrições são abertas para todas as meninas que se interessarem e que tenham nascido entre 2001 e 2006. Dois pontos importantes sobre as peneiras: as inscrições são gratuitas e online. Para dar início à tentativa de realização do sonho de jogar no Timão, as jovens precisam preencher um formulário pela internet, disponibilizado neste link (https://goo.gl/forms/UyHz3sMdhdJWCAW72). Depois de receber a confirmação de participação, com o dia e horário da sua peneira, a menina deve providenciar os documentos solicitados, duas fotos, o atestado médico assinado por um cardiologista ou clínico geral, além de um eletrocardiograma com laudo. Ambos devem ter sido feitos, no máximo, em 90 dias.


(Fonte complementar: Corinthians)