• Bruno Guerra

Futebol Feminino: Situação dos 4 grandes de São Paulo


(Imagem: Davi Junior)

Como sabemos o futebol feminino ainda está longe de ter a valorização ideal aqui no Brasil e mesmo com jogadoras de destaque, o saldo final ainda é negativo.


E mais, após exigência da Conmebol, a partir deste ano as equipes da série A precisam ter times femininos de futebol (adulto e base) em atividade e registrados na CBF, principalmente os que estão classificados às disputas masculinas da Libertadores e Sul-americana, seja por iniciativa própria ou parceria.


Por isso, saiba como está a situação de Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo em relação a modalidade feminina.


E vale ressaltar que a medida, porém, ainda não remete à profissionalização do futebol feminino no país.


Corinthians



O time feminino do Corinthians foi fundado no ano de 2016 em uma parceria com o Grêmio Osasco Audax e que desde o início do ano passado funciona com gestão própria.


Atualmente é uma das grandes equipes da modalidade. Não é a toa que o Timão é o atual campeão brasileiro de futebol feminino, comandado pelo técnico Arthur Elias.


Além disso, na última sexta-feira (4) uma patrocinadora estendeu o vínculo com o Corinthians e agora vai atuar no futebol feminino e na Arena, o que só tende a agregar para a equipe.



Palmeiras



O Palmeiras ainda não tem um time profissional de futebol feminino e segundo o presidente Maurício Galiotte o verdão está trabalhando para se adequar à nova regra da Confederação Sul-Americana de Futebol.


“Estamos montando para o próximo ano. Já temos comissão técnica e todo o trabalho de infraestrutura em andamento”, disse o dirigente em dezembro de 2018 ao blog “Dona do Campinho”, do Globoesporte.com.


Santos


O Santos é o time que possui um dos cenários mais sólidos e estruturados em relação ao futebol feminino no Brasil. É o atual campeão paulista da modalidade e vice da Libertadores Feminina de 2018, ambos sob o comanda da técnica Emily Lima.


As “Sereias da Vila” como são chamadas estão desde 2015 representando o time na modalidade feminina.



São Paulo


O São Paulo, em parceria com o Centro Olímpico retomou o elenco feminino em 2017 com o time sub-17 e atualmente segue estruturação da equipe profissional de forma independente com a iniciativa do diretor executivo de futebol do clube, Raí.


Assim, o Tricolor irá montar o time profissional a partir da seletiva realizada em outubro do ano passado, contratações de atletas de outras equipes e também da promoção de jogadoras das categorias de base.


E se você gosta de futebol e esportes em geral continue acompanhando a De Prima, no site e em nossas redes sociais:


Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud