HAJA EMOÇÃO! PAULISTÃO 2018 TERMINOU NOS PÊNALTIS


Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Domingo se aproxima e a expectativa para mais uma final de Paulistão 2019 é enorme. De um lado o entrosado Corinthians, que em sua proposta de jogo defensivo passou pelo rival Santos na semifinal nas penalidades máximas. Do outro o surpreendente São Paulo, que apesar de empatar os dois jogos por 0 a 0 diante do Palmeiras, teve boa atuação e também em sua proposta de controlar o jogo e tentar marcar em poucas oportunidades criadas se deu bem e avançou após as cobranças de pênalti.


O mesmo ocorreu no ano anterior, apenas com a diferença de enfrentamentos. O São Paulo jogou diante do maior rival Corinthians e caiu nos penais. Já o Palmeiras teve uma dura disputa contra o Santos e foi à final de forma suada também. Na finalíssima o sofrimento persistiu. Verdão e Timão venceram um confronto cada e a taça do Paulistão 2018 foi decidida somente na última finalização na marca da cal, que teve por responsável o ex-volante corintiano Maycon, que saiu para o abraço na casa do maior rival.


Na atual edição teremos o majestoso, clássico de grandes massas e uma rivalidade absurda, sustentada nas últimas duas décadas e alimentada pelas conquistas individuais de ambos, e claro, dos enfrentamentos ocorridos em todos estes anos, com freguesia para os dois lados em diferentes épocas.


Falando em freguesia e tabu, o Tricolor não derrota o Timão em um mata-mata ou decisão há 19 anos, algo que certamente incomoda o clube do Morumbi e precisa ser quebrado. Na história do majestoso no torneio estadual, vantagem para o Corinthians; foram 179 jogos entre eles, com 64 vitórias alvinegras contra 58 são paulinas. Foram também 57 empates. Quanto aos gols marcados, o São Paulo é superior, com 242, enquanto que seu arquirrival possui 234. A invencibilidade está 12 a 11 a favor do Timão - os dados são do Futpédia.


Promessa de dois duelos equilibrados e com muita emoção, e quem sabe esta final não seja definida após mais uma eletrizante disputa direta entres os atacantes e goleiros...