• Leonardo Cruz

IRRECONHECÍVEL, EX-CAMPEÃO SOFRE OUTRA DERROTA NO UFC


Foto: UFC divulgação

Passando por um momento complicado na carreira, o estadunidense e ex-campeão da categoria peso meio-médio Robbie Lawler subiu ao octógono no último sábado, 03/08, no UFC Newark para enfrentar seu compatriota Colby Covington e tentar reencontrar o caminho das vitórias dentro da organização. Mas não foi exatamente isso que o público presente no “Prudential Center” presenciou.


Durante os três primeiros rounds da luta, Covington conseguiu até com certa facilidade impor seu estilo de luta, levou Lawler diversas vezes para o chão, impedindo que o ex-campeão tentasse aplicar seu melhor jogo com a trocação.


Em diversos momentos, Lawler até conseguiu se desvencilhar da luta no solo, mas mesmo com o combate em pé, não conseguia encontrar a melhor distância para colocar Covington em perigo. Na volta para o quarto round, “Chaos”, como é conhecido Colby Covington, extremamente confiante na luta, modificou seu estilo e passou a aceitar mais a trocação, com o domínio do centro do octógono, conectou mais golpes no oponente.


No quinto round, Lawler já tendo consciência da derrota parcial, partiu para o ataque, tentou encaixar uma sequência de golpes, mas já cansado, teve dificuldades para imprimir um ritmo mais forte. Covington, soube administrar os 5 minutos finais da luta com muita tranquilidade para conquistar mais uma excelente vitória no UFC, desta vez por decisão unânime dos árbitros.



Foto: UFC Divulgação

Agora, Colby Covington que está cada vez mais próximo de disputar o cinturão da categoria, soma sete vitórias consecutivas no UFC e quinze na carreira profissional. Já Robbie Lawler que vive momentos de grande instabilidade na organização, perdeu quatro das últimas cinco lutas disputadas e vê a chance de retomar o título cada vez mais distante.


Na luta válida pela categoria peso-leve que foi co-evento principal do UFC Newark, o estadunidense Jim Miller venceu por finalização seu compatriota Clay Guida ainda no primeiro round.


Logo no início do combate, Miller foi surpreendido ao receber um potente soco do rival, demonstrou não sentir o golpe e logo em seguida, conseguiu encaixar uma guilhotina, que foi interrompida pelo árbitro após perceber que Clay Guida já estava desacordado, tudo isso em apenas 58 segundos de luta.


Com a rápida vitória, Jim Miller conquistou seu terceiro triunfo nos últimos quatro combates, além de alcançar sua trigésima primeira vitória na carreira profissional. Em contrapartida, o experiente Clay Guida que tem impressionantes trinta e cinco triunfos em seu cartel, perdeu pela segunda vez nas últimas três lutas.



Foto: Getty Images

Nas seis disputas válidas pelo card preliminar, destaque para a vitória do brasileiro Claudio Hannibal que não deu chances a Cole William e finalizou o adversário ainda no primeiro round, em disputa pela categoria meio-médio.


No princípio do combate, Hannibal partiu para a trocação com o oponente, mas logo mudou a estratégia e levou a luta para o chão, onde passou para as costas de William, golpeado de forma agressiva o rival. Não demorou para o brasileiro conseguir o estrangulamento e obrigar o adversário a bater em desistência.


Com esta espetacular vitória, o brasileiro Claudio Hannibal que não é derrotado em uma luta há doze anos, alcançou a marca de quatorze triunfos consecutivos na carreira profissional.


Outra luta que terminou com extrema rapidez, foi na vitória de Matt Schnell que precisou de menos de dois minutos para vencer por finalização Jordan Espinoza em disputa válida pela categoria peso-mosca.


Logo no início do combate, Schnell não perdeu tempo e já levou a luta para o chão, dominando completamente seu adversário. Tentou aplicar uma guilhotina, mas após boa movimentação, encaixou um triângulo obrigando Espinoza a bater em desistência.


Agora, o estadunidense Matt Schnell soma quatorze vitórias na carreira e a quarta consecutiva, já seu compatriota Jordan Espinoza, com esta derrota, interrompeu uma sequência de cinco triunfos consecutivos.


OUTROS RESULTADOS DO UFC NEWARK:


CARD PRINCIPAL:

Nasrat Haqparast venceu Netto BJJ por knockout no 2º round;

Gerard Meerschaert venceu Trevin Giles por finalização no 3º round;

Scott Holtzman venceu Dong Hyun Ma por knockout no 2º round;

Kennedy Nzechukwu venceu Darko Stosic por decisão unânime.


CARD PRELIMINAR:

Mickey Gall venceu Salim Touahri por decisão unânime;

Antonina Shevchenko venceu Lucie Pudilova por finalização no 2º round;

Lauren Murphy venceu Mara Romero Borella por knockout no 3ºround;

Miranda Granger venceu Hannah Goldy por decisão unânime.