• Leonardo Cruz

KRON GRACIE NÃO CONSEGUE IMPOR SEU JIU-JITSU E PERDE NO UFC TAMPA


Foto: Getty Images

A edição do UFC Tampa, realizada no último sábado (12/10), promoveu no co-evento principal, a luta do brasileiro Kron Gracie contra o estadunidense Cub Swanson, em combate válido pela categoria peso-pena. O integrante da família Gracie chegou para este combate invicto na carreira profissional. Além desta luta, outros treze combates agitaram o público presente na “Amalie Arena”, no Estado da Flórida.


Empolgado após os últimos resultados, Kron aceitou o estilo de luta do estadunidense, partindo para a trocação, mas o que seria um excelente desafio se tornou um pesadelo para o brasileiro. Desde os primeiros minutos do round inicial, Swanson conseguiu controlar melhor a distância, aplicando boas combinações de golpes e chutes, Gracie por sua vez tentava ganhar o centro do octógono e acertar o rival com contragolpes.


No round seguinte, o brasileiro tentou pressionar o adversário, mas ao mesmo tempo, deixava espaços para as investidas de Swanson que mais experiente, conseguia controlar o combate. Aos poucos e se aproveitando do cansaço do estadunidense, Kron passou a aplicar mais golpes, mas sem a contundência necessária para chegar ao knockout.


O terceiro round iniciou e o ritmo da luta se manteve o mesmo, percebendo a desvantagem, Kron Gracie tentou algumas vezes modificar sua estratégia e levar o combate ao solo, mas Cub Swanson conseguiu evitar as tentativas do brasileiro. Nos minutos finais, os dois lutadores voltaram para uma franca trocação, com ligeira vantagem para o estadunidense, que mesmo visivelmente cansado, ainda demonstrava ter maior intensidade nos golpes.


Ao final do combate, Cub Swanson foi declarado vencedor por decisão unânime dos árbitros. Com esta vitória, o estadunidense se recuperou de quatro derrotas consecutivas e agora soma vinte e seis triunfos na carreira. Já o brasileiro Kron Gracie com esta derrota, perdeu sua invencibilidade como profissional.



Foto: Josh Edges / Getty Images

Em outro combate válido pelo card principal, o estadunidense Niko Price venceu por knockout seu compatriota James Vick ainda no primeiro round em luta pela categoria peso meio-médio.

A luta começou muito disputada, Niko Price partiu para o ataque buscando terminar o combate ainda no round inicial, mas aos poucos James Vick reverteu o domínio do adversário e no chão, passou a castigá-lo desferindo diversos socos. Quando parecia que a luta seria decidida a favor de Vick, Price conseguiu mesmo por baixo acertar um chute com o calcanhar no rosto do oponente, que caiu já desacordado.


Com esta inesperada vitória, Niko Price alcançou a marca de quatorze triunfos na carreira profissional. Em contrapartida, James Vick vive momentos de instabilidade, já são quatro derrotas consecutivas no UFC, o estadunidense não vence na organização há quase dois anos.



Foto: Getty Images

Nos combates válidos pelo card preliminar, destaque para o brasileiro e peso-mosca Deiveson Ferreira que venceu ainda no primeiro round por finalização o estadunidense Tim Elliot.


A luta começou muito equilibrada, com os dois lutadores estudando os movimentos do adversário. Aos poucos, Deiveson e Elliot foram se soltando, o estadunidense partiu para a derrubada, mas na queda permitiu que o brasileiro conseguisse encaixar a guilhotina. O paraense só soltou após o rival bater em desistência.


Com a vitória, o brasileiro Deiveson Ferreira que perdeu apena uma vez na carreira, agora possui dezessete vitórias como profissional. Já o estadunidense Tim Elliot sofreu seu nono revés na carreira e a terceira derrota no UFC.


OUTROS RESULTADOS DO UFC TAMPA:


CARD PRINCIPAL:

Joanna Jedrzejczyk venceu Michelle Waterson por decisão unânime;

Amanda Ribas venceu Mackenzie Dernpor decisão unânime;

Matt Frevola venceu Luis Peña por decisão dividida;

Eryk Anders venceu Gerald Meerschaert por decisão dividida.


CARD PRELIMINAR:

Ryan Spann venceu Devin Clark por finalização no 2º round;

Mike Davis venceu Thomas Gifford por knockout no 3º round;

Alex Morono venceu Max Griffin por decisão unânime;

Marlon Vera venceu Andre Ewell por knockout no 3º round;

Miguel Baeza venceu Hector Aldana por knockout no 2º round;

Marvin Vettori venceu Andrew Sanchez por decisão unânime;

J.J. Aldrich venceu Lauren Mueller por decisão unânime.

© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud