• filipeq09

LATERAL EM ALTA


Foto: Divulgação/saopaulofc.net

A última semana foi marcada por rodada da Copa Libertadores e Copa Sul-Americana, e também de um jogo adiado do Brasileirão. Athletico-PR e São Paulo se enfrentaram na Arena da Baixada em um embate duríssimo para os tricolores. De todos os destaques da partida, o autor do gol Vitor Bueno foi o mais aplaudido, naturalmente.


Mas vale lembrar da jogada que originou o gol São-paulino na partida. Nem Daniel Alves, Reinaldo, tão-pouco Juanfran (na reserva) apareceram no lance cabal do confronto. Coube aos jovem lateral-direito Igor Vinícius iniciar o lance da maneira que a torcida espera do time: com raça e determinação. Após dividir na lateral de campo e roubar a bola do atacante rubro-negro Rony, Igor arrancou por toda a extensão do gramado até o campo de ataque, quando tocou para Vitor Bueno, que tabelou com Liziero (com corta-luz de Raniel), entrando na área do Furacão e estufando as redes do goleiro Santos.


A quarta colocação atual do São Paulo muito se deve à entrega do time, que soube se defender e contra-atacar bem. Aí também entra a atuação de Igor Vinícius, o defensor não apenas atacou de maneira correta e qualificada, mas marcou com segurança, algo que não se via meses atrás. Ele não vivia boa fase no time do Morumbi, sendo substituído até pelo volante Hudson, improvisado na lateral, e por Tche Tche, também volante.


Coincidência ou não, a chegada de Dani Alves parece ter dado uma injeção de ânimo ao jogador de 22 anos, não sei se pela inspiração de ter o camisa 10 ao lado ou pela concorrência dupla na posição, já que termos Juanfran também por ali. Talvez seja um pouco dos dois, mas o que importa é a ascensão do time que desde 2011 não emplacava cinco vitórias consecutivas no Brasileirão.

© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud