• Bruno Nunes

LUCIANO DO VALLE, OU MELHOR, LUCIANO DO VÔLEI


(Foto: Reprodução/Band)
(Foto: Reprodução/Band)

Poucas pessoas até hoje fizeram tanto por um esporte quanto Luciano do Valle fez pelo voleibol no Brasil, nos anos 80, Luciano impulsionou a modalidade atuando como empresário e promovendo inúmeros campeonatos que apresentaram o esporte para o torcedor brasileiro, até então pouco familiarizado com o vôlei. Em 1983, o locutor foi o grande organizador da histórica partida entre Brasil x URSS em pleno Maracanã, jogo que até hoje possui o recorde de público da modalidade com quase 96 mil pessoas. O Brasil venceu a partida por 3 sets a 1 parciais de 14/16, 16/14, 15/7 e 15/10.


Como locutor, Luciano narrou momentos importantes do vôlei brasileiro como a conquista do ouro olímpico no ano de 1992 em Barcelona, a primeira da nossa seleção masculina. Hoje o Brasil é uma potência mundial da modalidade e muito disso passa pela determinação de Luciano em transformar um esporte pouco conhecido em um dos mais praticados do país, tanto que recebeu o apelido de “Do Vôlei”.


Luciano do Valle Queiroz morreu no dia 19 de abril de 2014, vítima de um infarto sofrido durante um voo para Uberlândia-MG, onde transmitiria o jogo entre Atlético-MG x Corinthians válido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Seu legado até hoje é lembrado e reverenciado por atletas, jornalistas e torcedores.