• Luís Santana

Mais uma lesão no Lakers e agora?


Foto: Brace Hemmelgarn-USA TODAY Sports


Se já estava ruim para o Los Angeles Lakers com a lesão de LeBron, que não joga desde o jogo de Natal contra o Warriors, ficou ainda pior com a lesão do Lonzo Ball no Sábado, na derrota contra o Rockets.

Com uma entorse no tornozelo de 3° grau, foi estipulado um prazo de 4 a 6 semanas para a recuperação do Lonzo. O armador é muito questionado por sua qualidade técnica, alguns até o chamam de “role player” (jogador que apenas compõe elenco, que não é uma estrela ou uma peça fundamental de um time).

Sem poder contar com o seu astro principal, LeBron James, Lonzo se viu obrigado a chamar a responsabilidade no Lakers. Ele foi muito bem em algumas noites, comandando o time nas vitórias com grandes atuações, distribuindo assistências, anotando pontos e contribuindo muito na defesa. Mas o jovem jogador, assim como o time, passou por muitos altos e baixos durante esse quase um mês sem LeBron. Mais baixos do que altos, perdendo tantos jogos, que hoje o time ocupa apenas a 9ª posição do Oeste, fora da zona de playoffs.

Agora que LeBron está prestes a voltar, tudo parecia que voltaria a ficar um pouco mais tranquilo para o time de Los Angeles, essa lesão veio para pegar a todos de surpresa. Ainda sem uma data definida para a volta do rei, quem deverá assumir a responsabilidade de comandar o time é o veterano Rajon Rondo, assim como ele fez naquele jogo especial de Natal, na vitória contra o GSW.

Isso é exatamente o que poderia ajudar, e muito o Lakers, que o Rondo pudesse comandar o time que parece desandar sem James, que ele pudesse liderar o time para as vitórias como liderou naquela noite, quando o time viu a vantagem para o Warriors cair de 20 para 2 pontos em apenas um quarto. Colocar o Lakers pelo menos na zona de classificação, porque potencial para isso o time tem, afinal, já chegou até mesmo à quarta posição da conferência.

A torcida do Lakers conta principalmente com uma contribuição de Kyle Kuzma, Brandon Ingram e até mesmo do surpreendente Ivica Zubac, que evoluiu muito no decorrer dessa temporada. Rondo já estaria treinando normalmente, mas ainda não está apto para jogar, mesmo praticando algumas atividades no Sábado, dia da lesão do Lonzo. Mas diferente do jogo da lesão do LeBron, na lesão do Lonzo o time não teve ninguém para liderar o time, que estava muito bem até a lesão e acabou sofrendo empate no último arremesso do tempo regulamentar, e não conseguiu segurar o James Harden e acabou perdendo na prorrogação.

Acredito que a missão do time, principalmente de Ingram e Kuzma, embora seja complicada, não será impossível. Até mesmo porque LeBron e Rondo estão prestes a voltar para colocarem um fim de vez nesse momento de muita oscilação do Lakers, e o time voltar a ocupar a zona de playoffs e quem sabe, até mesmo brigar por mando de quadra.

© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud