• Victor Luís

MESSI É UM DESPERDÍCIO NA SELEÇÃO ARGENTINA


Buda Mendes/Getty Images

Com a derrota para o Brasil na semifinal da Copa América, Messi chega em sua 9ª eliminação em mata-mata com a camisa argentina. É impressionante como a seleção Albiceleste não consegue aproveitar o talento de Lionel Messi de nenhuma maneira.


No Barcelona, o atleta costuma atuar como ponta de lança, no seu auge com Guardiola jogou de falso 9, mas pela seleção precisa jogar mais recuado, ele fica responsável por criar todas as jogadas ofensivas da equipe, realmente é um desperdício.


Quando surgiu Lionel Messi, o mínimo que a AFA (Associação do Futebol Argentino) deveria ter feito era ter um treinador. Nesses anos todos, a seleção argentina virou uma bagunça, com mudanças constantes de treinadores, com maneiras de trabalhar totalmente opostas.


Surpreendo-me com diversos comentários criticando o jogador, é óbvio que o rendimento de Messi no Barcelona é muito superior ao da Argentina, até pelo Barça ter um time. Defino a seleção argentina como um “catado”, e contra o Brasil, todas as oportunidades Albiceleste saíram dos pés de Lionel, como de costume.


Messi está com 32 anos, provavelmente disputará sua última Copa do Mundo em 2022, e para infelicidade dos hermanos, dificilmente a seleção argentina se organizará e montará um sistema de jogo que beneficie o seu melhor jogador.


Muitos comparam Messi com Maradona. O ídolo argentino, campeão do mundo, jogava em uma seleção organizada, com bons jogadores em todos os setores do campo, ressaltando a defesa. Quando Sabella organizou minimamente a equipe, Messi chegou à final da Copa do Mundo em 2014, e se no lugar de Higuaín, estivesse Jorge Valdano, ou até mesmo Claudio Caniggia, Lionel Messi seria campeão mundial.

© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud