• Guilherme Amendola

NO MAJESTOSO, GANHOU O TIME QUE JOGOU

Brigando pelo G-4, São Paulo e Corinthians disputaram o clássico Majestoso no Morumbi para um público de 37 mil pessoas, na noite deste domingo. As duas equipes vinham sendo criticadas por terem um sistema ofensivo ineficaz e por consequência fazem poucos gols, apesar de serem as duas melhores defesas do Campeonato. O fator casa acabou pesando e o tricolor venceu, entrando na briga por uma vaga direta na Libertadores, enquanto o Corinthians decepciona o seu torcedor.

Foto: Marcos Ribolli

Os dois times entraram com uma proposta muito clara, o São Paulo de tomar a iniciativa a partir da posse de bola e atacar o adversário, e o Corinthians de se defender e explorar os contra ataques. A primeira etapa foi fraca, com poucas oportunidades de gol dos dois lados, porém com mais volume de jogo e de finalizações por parte da equipe da casa que teve uma bola na trave no chute de fora da área de Reinaldo.


Já na segunda parte, o São Paulo voltou melhor e conseguiu ser mais perigoso para o gol de Cássio. Teve o cruzamento de Vitor Bueno que pegou na trave e a cabeçada de Pato após cruzamento de Reinaldo. Depois Hernanes deixou Vitor Bueno na cara do gol, que foi deslocado por Manoel, e o árbitro Raphael Claus marcou corretamente a penalidade. Reinaldo bateu com personalidade no canto esquerdo e abriu o placar para o tricolor paulista.

Foto: Marcos Ribolli

O São Paulo ainda desperdiçou uma chance clara para ampliar o placar, com Igor Gomes depois do passe de Liziero. Mas durante praticamente todo o jogo, o Corinthians não ameaçou a meta são-paulina, e na defesa não conseguiu ser eficaz para barrar o time adversário. O tricolor do Morumbi não fez uma partida brilhante, mas foi o suficiente para bater o maior rival. Igor Viniciu, Reinaldo, Luan, Liziero se destacaram com grandes atuações, enquanto Hernanes e Pato estiveram um pouco abaixo. Aos poucos, Fernando Diniz vai dando sua cara à equipe e evoluindo a partir do seu modelo de jogo.


A vitória faz o São Paulo igualar o número de pontos (43) do Corinthians, e entrar de vez na briga pelo G-4, que dá uma vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores. Um clássico é sempre muito importante em qualquer campeonato. Embora valha os mesmos três pontos dos outros jogos, a vitória e a derrota podem ter consequências opostas. O são-paulino começa a semana feliz e de bem com o time do coração, já o corinthiano está frustrado e com muitas incertezas em relação ao time, que não vem jogando bem há algum tempo.

© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud