O fim de um sonho


Foto: AFP / PAUL ELLIS

Nesta última década, vimos duas lendas do futebol e do esporte jogarem e disputarem o topo do mundo. E neste ano, as atenções dos amantes do futebol, estavam em torno deles, mas agora com a eliminação da Copa do mundo, talvez nunca mais terão a chance de levantar a taça mais importante do meio futebolístico.


Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, são mais um dos que não conseguiram ganhar a Copa do Mundo, ambos participaram quatro vezes da competição. O argentino, chegou perto em 2014, aqui no Brasil, perdendo a final para a seleção da Alemanha, já o português chegou em uma semifinal, mas acabou caindo para a vice-campeã França.


Agora na Rússia, acima dos 30 anos, sofrendo por não terem ajuda de uma seleção forte,não conseguiram carregar seu país ao título, ambos perdendo nas oitavas de finais. Essa foi a primeira vez que são eliminados no mesmo dia.


Apesar de terem idades para continuar a disputar mais uma vez o torneio, muito se especula sobre o futuro. Messi, já anunciou a aposentadoria uma vez seleção, e voltou atrás. Depois da derrota para a França, é bem esperado que ele se retire da seleção. Já Ronaldo, nunca comentou nada sobre o assunto, mas ira ter 37 anos, e não continuará no mesmo patamar de hoje. Um final que pode ser triste para a história do futebol, por não terem como campeões mundiais, dois dos melhores jogadores de todos os tempos.


O que resta, é esperar para que não seja um fim, assim poderemos apreciar mais um mês de dois gênios do esporte, daqui a quatro anos no Qatar. Uma coisa não podemos esquecer, que mesmo sem esse título, o tamanho desses nomes não poderá ser encolhido, futebol é coletivo e não individual.


A história de uma carreira brilhante não pode ser diminuída por um detalhe.