• Mateus Reis

O FLAMENGO REALMENTE ESTÁ EM OUTRO PATAMAR

Após sair perdendo e fazer um péssimo primeiro tempo, o Flamengo conseguiu voltar melhor e virar o jogo para 3-1, com grande atuação de Bruno Henrique. Os gols da partida foram marcados: Al-Dawsari para o Al Hilal. De Arrascaeta, Bruno Henrique e Al-Bulayhi (contra), marcaram para o Flamengo.


Flamengo x Al Hihal, Mundial de Clubes (Foto: REUTERS/Kai Pfaffenbach)


A partida teve um início muito equilibrado com as duas equipes disputando muito cada centímetro no campo. A primeira grande chance do jogo, aconteceu logo aos 6 minutos, depois de uma jogada ensaiada do time Saudita. Após passar o susto inicial, o Flamengo foi se encontrando na partida e depois de uma saída errada do goleiro adversário, Gerson ficou com a sobra e bateu consciente no gol, a bola acabou indo para fora. O jogo esquentou e os dois times foram se soltando cada vez mais. A equipe do Al Hilal, foi construindo suas jogadas da defesa para o ataque, com belas trocas de passes, até que surgiu a grande oportunidade em que Diego Alves, fez grande defesa. O Flamengo não estava botando em prática o seu futebol vistoso, e o adversário estava jogando e não deixando o time brasileiro jogar. Até que então em mais uma boa jogada construída pelo Al Hilal, Al-Dawsari apareceu na área sozinho e marcou para os sauditas. Após sofrer o gol, os cariocas acordaram e começaram a incomodar um pouco mais a defesa do Al Hilal. O jogo depois dos 30 minutos ficou muito equilibrado, com ambos os times querendo jogar mas sem criar grandes oportunidades de finalização para o gol, e desta forma foi até o árbitro encerrar o primeiro tempo.


Os times voltaram a campo e assim que a bola voltou a rolar, o Flamengo foi para cima em busca do empate. Não demorou muito e o empate veio. Após uma linda troca de passes, com jogada iniciada por Gabigol que tocou para Bruno Henrique e o camisa 27 achou Arrascaeta livre que só empurrou para o gol. A postura da equipe rubro-negra era outra, Jorge Jesus arrumou sua equipe que voltou bem melhor. A partida depois do empate no placar, voltou a esfriar e o jogo ficou até sonolento em alguns momentos. O mister não gostava muito do que estava vendo e decidiu tirar Gerson e colocar Diego Ribas em campo, assim como fez na final da Libertadores. O time brasileiro voltou a crescer e com Diego na construção da jogada que tocou para Rafinha de primeira cruzar para antecipação de Bruno Henrique que de cabeça virou o jogo e colocou o Flamengo a frente do placar.


Para quem pensou que depois da virada, o time carioca iria tirar o pé. Pensou errado, pois o Flamengo continuou indo em busca de mais gols. E com Diego mais uma vez na construção de jogo, o camisa 10 encontrou Bruno Henrique, que cruzou para a área e o zagueiro adversário fez contra. Coube ao Flamengo apenas administrar o resultado que garantia a sua vaga na final.


Análise: em mais um jogo complicado, Jorge Jesus arrumou seu time no intervalo e o Flamengo voltou a render o que se espera. Bruno Henrique mais uma vez foi decisivo e Diego Ribas entrou muito bem no segundo tempo. Agora cabe ao Flamengo esperar a tão sonhada final contra o Liverpool que precisa amanhã vender seu confronto.

Assim como Bruno Henrique disse:” Estamos em outro patamar”. Realmente, o Flamengo está em outro nível e conseguiu chegar na sonhada final do Mundial.