O que esperar de Ganso no Fluminense?


Foto: Reprodução

Nessa quinta, 31, foi anunciada a contratação do meio campista Paulo Henrique Ganso pelo Fluminense. O novo camisa 10 chega para suprir a necessidade do time no setor mais importante do gramado.


Atualmente com 29 anos, Ganso rescindiu contrato com o antigo clube, Sevilha, e optou pelo Flu para atuar nas próximas cinco temporadas. Um contrato longo, o que aumenta a responsabilidade do craque; tempo não irá faltar para ele mostrar que ainda tem futebol para ser novamente um dos destaques do futebol brasileiro.


Na ausência de grandes camisas 10 no Brasil, Ganso é uma esperança que surge, após dois anos jogando em solo europeu. Seu último clube, o São Paulo, não guarda grandes recordações do meia. Foram vários jogos apagados, em meio a alguns brilhantes e decisivos, e apenas um título conquistado - quando sequer podia atuar pelo clube no torneio.


No Sevilha, praticamente não vingou. Talvez os torcedores espanhóis não sintam muita saudade de seu ex-jogador, apesar de em alguns jogos ele ter se desempenhado de forma satisfatória.


O insistente Fluminense esperou a janela europeia se encerrar para ter a chance de assinar com o novo atleta. O clube deposita muitas fichas nesta contratação de peso - que será anunciada sábado, 2 -, e em mais reforços que chegaram e devem ainda chegar. O planejamento é formar um time competitivo para as disputas da Copa do Brasil e Brasileirão Série A.


Regularidade. É do que Paulo Henrique Ganso sempre precisou e que só teve mesmo no Santos, clube que o revelou para o futebol. É possível o jogador despertar o bom futebol que praticava no clube alvinegro? Ainda dá para falar em Seleção Brasileira? Com a sua nova camisa tricolor, o já maduro atleta irá responder tais questionamentos ao longo das temporadas.


Nas redes sociais, a torcida elogiou bastante a compra, exaltando-o. Porém, todo o cuidado é pouco. A empolgação de torcedor é extremamente natural, mas, analisando friamente, Ganso não joga de verdade há sete anos, desde sua conturbada saída do Santos. É necessário ter cautela pra não se criar uma alta expectativa em um único atleta no elenco, ainda mais se tratando de quem ainda precisa provar o seu valor para o futebol brasileiro atual.