• Vinicius Rodrigues

PÓS-JOGO PALMEIRAS X SANTOS


Borja perdeu chance clara e não tirou o zero do placar. Foto: Marcos Riboli


No clássico da saudade, Palmeiras e Santos ficam no 0 a 0 no Allianz Parque e seguem na ponta da tabela em seus respectivos grupos.


Em um duelo muito tático, que começou com chuva, o Santos preferiu reter a bola, e o

Palmeiras tentou impor a velocidade, usando os seus pontas Dudu e Felipe Pires.


Para quem esperava emoção na partida, viu um jogo mais estudado. O Palmeiras tomou iniciativa, e aproveitando o lado esquerdo da defesa santista, que tinha Copete improvisado, Felipe Pires foi o jogador que mais incomodou nos minutos iniciais. Em uma bola mal cortada pela zaga do Peixe, Felipe rolou para o Borja que passou da bola e perdeu uma boa oportunidade. Aos poucos o Santos equilibrou o jogo e no seu estilo com muito toque de bola buscava tirar a bola dos pés do Palmeiras, que tinha apenas as ligações diretas, além de jogadas verticais.


O tempo foi passando e o jogo era amarrado, as equipes não levavam perigo para os goleiros Everson e Weverton. Na chance mais clara da primeira etapa, numa boa trama pelo lado esquerdo Victor Luis cruzou a bola na área, que passou por todo mundo e encontrou o Borja livre com apenas o gol na sua frente, pegou fraco na bola e não conseguiu tirar o zero do placar.


Na volta do intervalo o Palmeiras novamente tomou as ações do jogo, e obrigou o goleiro do Santos fazer pelo menos três boas defesas na etapa complementar. O Peixe que novamente tinha mais posse, é diferente do primeiro tempo começou levar perigo ao Gol do Weverton, na melhor jogada Matheus Ribeiro desperdiçou a melhor oportunidade, após uma excelente jogada do atacante Rodrygo, que deixou o lateral na cara do gol, e viu o goleiro palmeirense fazer uma ótima intervenção.


O jogo que era muito equilibrado, na base da entrega a partida ganhou um clima de emoção, as duas equipes davam espaços mas faltou pontaria para os arremates, no confronto da melhor defesa, contra o melhor ataque. O Palmeiras conseguiu tirar o ímpeto santista que não marcou na temporada apenas em dois jogos contando o duelo desta noite no Allianz Parque. Mas por outro lado também não marcou e segue sem vencer um clássico nesta temporada.


Sampaoli destacou a valentia dos jovens jogadores santistas, que controlaram o jogo mesmo com pressão da torcida e o bom time adversário.


”Os jogadores nunca sentiram o cenário, não sofreram com a torcida, nem com os jogadores do Palmeiras, que são muito bons, são os campeões brasileiros. Jogadores muito jovens, que tiveram a valentia de sempre sair jogando com a bola no chão. Isso nos dá ânimo para o futuro”- disse.


O resultado acabou frustrando o Verdão que criou as melhores chances, pela primeira vez no ano teve o domínio do jogo em uma boa parte da partida, mas novamente voltou pecar nas finalizações, e o Felipão destacou isso.


“Temos de observar que o Santos tem um estilo interessante de jogar. Criamos oportunidades, mas não concluímos com o devido acerto. Ficamos chateados com o 0 a 0, mas foi um resultado adequado para o jogo. Fiquei satisfeito com a equipe porque se portou bem taticamente”, comentou.


O Santos volta à campo na terça-feira (26) pelo jogo de volta da primeira fase da sul-americana contra o River Plate-URU. Já o Palmeiras recebe na quarta-feira (27) o Ituano no Allianz Parque às 21h30 pela 9ª rodada do Campeonato Paulista.

© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud