• Mateus Reis

PALMEIRAS VENCE NA ARGENTINA SEM DIFICULDADES

A Libertadores enfim começou para o Palmeiras que conseguiu obter uma ótima estreia diante do Tigre da Argentina. O time brasileiro ganhou por 2 a 0 nesta noite de Quarta-feira (04), com gols de Luiz Adriano e Willian. Está é a 20 º participação do time na competição continental, sendo a 5 º consecutiva. Vale lembrar que com a vitória de hoje o Verdão conseguiu chegar na marca de 99º triunfos.


Foto:Getty Images


Palmeiras entrou em campo sabendo da responsabilidade que tinha de vencer, pois o adversário da noite não se encontra em uma boa posição no Campeonato argentino da 2º divisão. Para quem estranhou ao ler que o Tigre está na série B, você conseguiu ler corretamente, pois o clube ano passado ganhou a Superliga Argentina e caiu no Campeonato nacional, por este motivo está disputando a Libertadores.


O Verdão começou o jogo de maneira tranquila procurando controlar o rival e impedir aquele impeto inicial. O clube Paulista tinha mais posse bola e conseguia com Rony algumas escapadas pela esquerda. Felipe Melo nos primeiros 10 minutos de jogo já havia dado dois belos lançamentos para o camisa 11. O Tigre, por sua vez, não subia a marcação e consequentemente a saída de bola do time brasileiro era bem tranquila, mas como o Palmeiras tinha dificuldades em jogar pois não entrou com nenhum meia de criação, a bola pouco ficava com os atacantes. Vanderlei optou por colocar no ataque: Dudu, Rony,Willian e Luiz Adriano, sendo o camisa 7 responsável por armar as jogadas. Palmeiras tinha muita velocidade no ataque e subia a marcação para retomar a bola e, logo depois de uma roubada de Gabriel Menino, a bola sobrou para Willian que tocou para Dudu, que acabou se atrapalhando com a "redonda" e o camisa 29 ficou com a sobra e rolou para Luiz Adriano, que em uma bela chapada marcou para o Alviverde, abrindo o placar. Após o gol, o verde relaxou e os donos da casa começaram a gostar do jogo, e chegou em algumas bolas com perigo ao gol de Weverton. O Tigre terminou os primeiros 45 minutos com mais finalizações que o Palmeiras, foram: 9 chutes ao gol dos argentinos e apenas 4 do time brasileiro.


Foto: REUTERS/Agustin Marcarian)


No segundo tempo o Tigre viu que tinha necessidade em atacar mais o rival e foi isso que fez no inicio do etapa final com uma boa oportunidade com Morales de cabeça. Logo em seguida Ramires respondeu com um belo chute no travessão, recolocando o Palmeiras no jogo que minutos mais tarde teria um homem a mais em campo, graças a expulsão de Acuña, que se enroscou com Rony e acabou deixando a perna no atacante palmeirense. Com uma vantagem numérica em campo o segundo gol não demorou a sair, ele veio com Willian após receber bom passe de Rony e chutar no ângulo do goleiro Marinelli. Com o segundo gol no placar coube ao Palmeiras apenas controlar o jogo e esperar pelo apito final do juiz. O Verdão acabou o jogo com:54,2 % da posse de bola contra 45,8 % do rival, e em finalizações o Alviverde acabou com 14, contra 12 chutes ao gol adversário.