PARA AFASTAR OS TRAUMAS ANTIGOS










Para o Corinthians hoje é decisão, a partida de estreia do Alvinegro na Libertadores será hoje as 21h30 contra o Guarani (PAR) no estádio General Pablo Rojas em Assunção, este jogo irá unir dois traumas antigos da equipe no torneio.


A fase prévia da Libertadores, é a mesma que o Corinthians acabou sendo eliminado pelo Tolima (COL) em 2011, o jogo marcou a última partida do atacante Ronaldo fenômeno com a camisa alvinegra, Roberto Carlos também encerrou seu ciclo após esta partida. O primeiro jogo no Pacaembu foi 0 a 0, e no segundo os colombianos venceram por 2 a 0, avançando para fase de grupos.


O adversário desta quarta-feira, também é uma equipe conhecida pelo Timão. O Guarani foi algoz do Corinthians em 2015. Os paraguaios venceram os dois jogos das oitavas de finais e eliminou o time comandado por Tite na Arena Corinthians.


Com este resultado o Alvinegro tem um tabu negativo, desde 2012 quando conquistou o torneio continental, o Timão não consegue passar das oitavas de finais. Neste século já são nove participações, com sete eliminações nesta fase do torneio.


Em 2015, Cássio, Gil e Fagner faziam parte do elenco que acabou caindo para o Guarani, os paraguaios usaram como motivação uma declaração de um dos dirigentes do Timão, Sérgio Junikian após o sorteio do confronto disse que o adversário foi “um presente de Deus”, após os dois jogos ficou claro que o “presente” foi bem ingrato.


Hoje com Tiago Nunes no comando o Corinthians é muito diferente em relação aos anos anteriores, o time gosta de ter a bola, joga pra cima, pressiona quando perde a bola, é rápido para chegar ao gol adversário e tem repertório nas jogadas. É outra postura do Timão.


Um dos pontos positivos da equipe é o volante Cantillo, ele conseguiu dar uma mobilidade e uma dinâmica muito boa a equipe. Vale lembrar que com Tiago Nunes no comando são quatro jogos com duas vitórias, um empate e uma vitória.


O Timão ainda não venceu fora de casa este ano, a equipe perdeu para a Ponte Preta por 2 a 1 e apenas empatou com o Mirassol em 1 a 1, ambas partidas pelo Paulistão.


Diante do Guarani o treinador deve mandar a campo a mesma formação que venceu o Santos no último domingo, o jogo de volta está marcado para a próxima quarta-feira (12), caso avance a próxima fase terá pela frente o vencedor do duelo entre Cerro Lago(URU) ou Palestino (CHI), na última eliminatória antes da fase de grupos.


O classificado desses duelos entrará no grupo B, que já conta com Bolívar (BOL), Tigre (ARG) e Palmeiras.