• Andréa Lima

PIA SUNDHAGE É DO BRASIL




 

A técnica sueca Pia Sundhage de 59 anos foi anunciada na última quinta-feira(24) pela CBF, para comandar a Seleção Brasileira de Futebol Feminino, dois dias após a demissão do técnico Vadão. Pia teve seu período mais vitorioso quando comandou os Estados Unidos, onde passou cinco anos e foi bicampeã olímpica. A técnica chega para cumprir um contrato de dois anos, que podem ser renovados por mais dois e com uma promessa de reformulação no futebol feminino do Brasil.


Os desafios da treinadora são inúmeros, dentre eles fazer com que a seleção brasileira consiga de forma eficaz lidar com as estrelas do grupo, bem como muito em breve, a ausência de algumas jogadoras que hoje são referências mundiais para o futebol. Podemos destacar a Marta, Formiga e Cristiane que muito provavelmente tenham feito suas últimas participações na Copa do Mundo.


“Estou muito contente em poder treinar o país do futebol” disse Pia.


A chegada da renomada técnica Pia Sundhage, acende uma centelha de esperança nos corações das jogadoras femininas que ainda estão no anonimato, pois tal investimento pode ser interpretado como uma nova visão sobre o futebol feminino, o que leva crer que a CBF deve redobrar seu interesse pela modalidade.


Quem é Pia Sundhage?


Pia tem uma vasta experiência, tanto no futebol profissional quanto no de base, bicampeã olímpica, vice-campeã mundial, levou o limitado time da Suécia à prata olímpica em 2016 e atualmente comandava um trabalho diferenciado na seleção sub-15 e sub-17 de seu país, assim Pia possui um currículo de dar inveja a qualquer profissional.