• Vinicius Rodrigues

Pré jogo São Paulo x Vasco


Foto: Rodrigo Corsi


A 50º edição da Copa São Paulo será decidida hoje(25), São Paulo e Vasco fazem a final nesta tarde as 15h30 no estádio do Pacaembu.


O campeonato de base mais importante do futebol brasileiro, terá novamente um duelo entre cariocas e paulistas decidindo o título, já são 11 confrontos, e os cariocas levam vantagem vencendo 8 vezes, e os paulistas apenas 3. A copinha que começou com 128 equipes, foi se afunilando, e com méritos e destaques individuais, os dois finalistas fizeram por merecer, e a promessa é de um grande jogo.


O tricolor chega para decisão invicto, venceu 6 vezes, empatou ainda na primeira fase com a Ferroviária, e após empate com Cruzeiro nas quartas de finais, avançou nos pênaltis, os comandados de Orlando Ribeiro, fizeram 26 gols e sofreram apenas 7, uma campanha impecável até então.


Antony e Gabriel Novaes são os pontos fora da curva do time de Cotia, os dois atacantes ganham um destaque especial nesta edição da Copa São Paulo, com 9 gols Gabriel é o artilheiro da competição, e o Antony tem papel fundamental pra isso, ele deu 5 assistências para o Novaes, além de marcar 3 vezes durante o torneio, e foi o protagonista contra o Guarani na semifinal, fazendo 2 gols.


O Vasco que evoluiu durante a copinha, mostrou durante o torneio alguns pontos fortes, e um dos principais, além de fazer bastante gols, a equipe sofre pouco, foram apenas 5, porém pra essa final, não poderá contar com um dos responsáveis por este bom momento, o zagueiro Miranda está suspenso, e não vai entrar em campo.


O cruzmaltino que estreou sendo derrotado, tem no torneio 5 vitórias, além de dois empates no mata-mata, avançando duas vezes nas cobranças de pênaltis. Tendo como destaque o seu goleiro Alexander.


Responsáveis pelas principais jogadas vascaína, Thiago Reis que tem 8 gols na copinha, e Lucas Santos que mostrou uma baita personalidade contra o Corinthians, são as armas para o Vasco levantar este título.


O time da colina tenta repetir a dose, já que em 92 quando sagrou-se campeão, venceu a Copa São Paulo, em cima do mesmo adversário da tarde de hoje, e O camisa 10 Lucas, e capitão da equipe destacou; “Uma final de Copa São Paulo é diferente, é um divisor de águas para a gente. Ter o privilégio de disputar uma final como essa, entre dois clubes imensos, é super importante para mim, é o jogo da minha vida.” O meia deve ganhar vaga para equipe profissional, o Valentim tem observado o atleta.


Foram colocados a venda cerca de 37 mil ingressos, e todos foram comercializados de forma antecipada. Sendo que apenas 2 mil foram destinados a torcida vascaína.


Esse jogo você acompanha com a equipe do Deprima, com a narração do Leandro Bona, Comentários de Mozart Conceição e reportagens de Flavia Domingues.