• Mathias Galdi

QUAL SERÁ O DESTINO DE ANTONIO BROWN?

O principal nome desta free agency fica entre Antonio Brown e Le'Veon Bell, ambos ex-jogadores do Pittsburgh Steelers, ao menos, é o que este e aquele esperam. Nenhum dos dois eram exemplos de disciplina na Pensilvânia, porém, faziam parte do top five de jogadores da equipe, isso se não figurassem um como a primeira e outro como a segunda.


Com muita gente de olho em Brown, os times começam a se estudar e a analisar as possibilidades com o camisa 84. Times com bastante cap (medida de salário na NFL) possuem uma vantagem, já que o wide receiver não irá pedir pouco dinheiro para levar suas malas de Pittsburgh seja lá pra onde for.


POSSÍVEIS DESTINOS


SAN FRANCISCO 49ers


Lembrando que a lista não está em ordem prioritária, apenas cito quais equipes poderiam ter Brown desfilando por seu training camp. Porém, a primeira equipe a ser citada aqui é o San Francisco 49ers, a qual aparenta ser a favorita do atleta. Além de ter bons companheiros de equipe, como Jimmy Garoppolo e George Kittle, com o TE quebrando o recorde de jardas recebidas por um tight-end em uma temporada.


Ele mesmo postou uma foto em que se mostra ao lado de Jerry Rice, lenda do time californiano. O ex-wide receiver disse que um jogador desse naipe está no mercado e que você tem capital para tal, não se pode deixar passar. Brown, aparentemente, gostou muito da ideia, tanto que postou algumas coisinhas em suas redes sociais.

Brown ainda respondeu: "Quando o maior da história te exalta...". (Foto: AB on Instagram)

CAROLINA PANTHERS


O time da Carolina do Norte precisa de um wide-receiver. Na última temporada, era muito jogo corrido e pouco ataque aéreo. Christian McCaffrey foi um dos que mais recebeu passes de Newton na temporada passada, sendo um running-back. Falando no vencedor do prêmio Heisman do ano de 2010, a química entre os dois poderia ser boa.


Nem Cam Newton nem Brown figuram entre os jogadores mais sérios da liga. Pelo contrário, são dois adolescentes dentro (e fora) de campo. O salary cap e as propostas de trade não são as mais atrativas ao time de Pittsburgh, porém, bastam alguns ajustes para tentarem contar com o wide-receiver astronômico.

Os atletas podem figurar no mesmo time, porém, o entrosamento seria um dos principais fatores. (Foto: Carolina Panthers)

GREEN BAY PACKERS


"Você está louco, redator?" Sonhando demais, talvez. Olhe o nome do autor e pode xingar. Mas pense como um cabeça de queijo. Aaron Rodgers está ficando velho. DeVonte Adams é o principal recebedor da equipe, porém, talvez o único. Abrir o campo e colocar dois wide-receivers elite em cada extremidade possibilitaria ARodgers conquistar mais um título.


Acredito que um linha ofensiva é uma preocupação ainda maior com a equipe de Green Bay. Proteger o seu quarterback, o qual é um dos melhores da liga e um dos mais inteligentes da história. Contudo, desperdiçar o talento de Brown e, também, o do camisa 12, não agradará ninguém.


Namore alguém que te olhe do jeito que Rogders olha para o Antonio Brown. (BBC)

Outras equipes, como Raiders, Seahawks, entre outras, sonham com Antonio Brown. O camisa 84 irá resolver seu futuro nos próximos meses, dando adeus ao Pittsburgh Steelers depois de nove anos.

© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud