• robson teixeira

RELEMBRE A FINAL DO CARIOCA DE 2001 ENTRE FLAMENGO X VASCO


Petkovic momentos antes de fazer o gol do título carioca de 2001. Crédito: Reprodução/Youtube

Vamos falar sobre a inesquecível final do Campeonato Carioca de 2001 entre Vasco e Flamengo. O jogo aconteceu no dia 27 de maio de 2001, no estádio do Maracanã e o público era de mais de 62 mil pessoas. O juiz era Léo Feldman.


O time do Flamengo era treinado por Zagallo e tinha craques como o goleiro Júlio César, o zagueiro Juan, o meia-atacante Petkovic e o atacante Edílson. Já o Vasco tinha estrelas como Pedrinho, Juninho Paulista e Euller. O treinador era o homem da prancheta, Joel Santana.


O Vasco queria muito ganhar o Estadual de 2001, pois havia perdido as finais de 1999 e 2000 justamente para o Flamengo. Além disso, o Flamengo poderia conseguir seu quarto tricampeonato na história do Campeonato Carioca, algo que o time cruz-maltino não queria permitir.

O Flamengo garantiu sua vaga na final do Estadual após vencer a Taça Guanabara. O primeiro jogo do Clássico dos Milhões acabou 2 a 1 para o Vasco. Se quisesse o título, o Flamengo teria que vencer por dois gols de diferença. Para piorar, o clube rubro-negro vivia enorme tensão devido aos atrasos de salários e a eliminação na Copa do Brasil para o Coritiba-PR.


No duelo decisivo, o Flamengo estava desfalcado do grande zagueiro Gamarra e com sete jogadores da base no time titular, mas isso não intimidou a equipe. Do outro lado, o Vasco não teria o atacante Romário, que estava lesionado. O jogo começou pegado: Em 12 minutos, a partida já tinha 12 faltas marcadas, sendo dez do Vasco.


Aos 23, o zagueiro vascaíno Clebson derrubou o lateral-esquerdo Cássio na área. Pênalti. Edilson chutou para um lado e o goleiro Helton foi para o outro: 1 a 0 para o Flamengo. Foi o 15º gol do “Capetinha” na competição.


Apesar das muitas faltas, a partida era bem ofensiva, com chances para os dois lados. Aos 40 minutos, o lateral-direito Alessandro (Flamengo) não conseguiu afastar a bola e viu Juan perder a dividida com Viola. O atacante vascaíno entrou na área e rolou para Juninho Paulista fazer o gol: 1 a 1. O primeiro tempo terminou empatado e o Flamengo precisava de dois gols para garantir o título estadual.


Na volta do intervalo, Zagallo deslocou Dejan Petkovic para a meia-esquerda e a mudança funcionou: aos oito minutos, o sérvio driblou o volante Paulo Miranda e cruzou a bola para o baixinho Edílson cabecear: 2 a 1. A torcida do Flamengo estava em festa! Faltava um gol para o tão sonhado tricampeonato.


O jogo continuava com muitas faltas e o Flamengo não parava de atacar. O Vasco, por sua vez, puxava contra-ataques com Euller e Juninho Paulista. O duelo estava frenético e a torcida do Flamengo estava apreensiva.


Aos 43 do segundo tempo, Edílson foi derrubado por Fabiano Eller. Petkovic foi para a bola e acertou um belo chute no ângulo do goleiro Helton: 3 a 1. Festa no Maracanã, o rubro-negro estava a um passo do tricampeonato carioca.


Depois de toda a comemoração, o juiz reiniciou a partida. O Flamengo apenas administrou o resultado e vibrou com o apito final aos 49 minutos. Era o fim de tudo. O time conquistou seu quarto tricampeonato estadual e Petkovic entrou para o seleto grupo dos grandes ídolos da história rubro-negra.


Assista aos melhores momentos da partida entre Flamengo e Vasco pela final do Carioca de 2001: