• Guilherme Amendola

SÃO PAULO PERDE EM CASA PARA O GOIÁS EM MAIS UMA PÉSSIMA ATUAÇÃO

O São Paulo recebeu na noite desta quarta-feira, a equipe do Goiás, que fora de casa no Campeonato Brasileiro, tem uma vitória em 10 jogos. O tricolor do Morumbi além de sair derrotado, o que aumentou o retrospecto negativo do time na competição com apenas 4 vitórias em 10 jogos, mais uma vez apresentou um péssimo futebol, que não demonstra evolução desde a entrada do Cuca há quase 6 meses.

Foto: MARCELLO FIM/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO

O São Paulo iniciou a partida, tentando pressionar a equipe adversária nos primeiros minutos, para tentar marcar um gol logo de início. Mas além de não conseguiu criar oportunidades para marcar, permitiu que o Goiás abrisse o placar numa jogada de arremesso lateral em um erro do sistema defensivo.


Com o gol, o Goiás reforçou a sua estratégia de jogar recuado com o corredor central do campo congestionado dificultando o ataque são-paulino, que repete as mesmas dificuldades de fazer jogadas pelo lado do campo e afunilar pelo meio, o que acarreta em muitas bolas alçadas na área, sem eficiência, sem chegar na linha de fundo. O time da casa teve ainda no primeiro tempo, duas chances desperdiçadas por Daniel Alves, mas fora isso, poucas criação de jogadas para tentar o empate.


Na etapa complementar Antony entrou no lugar de Toró, que se machucou e Igor Gomes no lugar de Everton numa tentativa de Cuca de empurrar o time para o ataque. Mas o que aconteceu foi uma repetição da primeira parte, muita dificuldade para criar chances de gol, que só apareceu na cabeçada perdida por Reinaldo, o melhor jogador do São Paulo no jogo. Por ironias do futebol, o lateral desperdiçou uma cobrança de pênalti, defendido pelo goleiro Tadeu, que faz um grande campeonato.


O Goiás jogou bem, pela proposta de jogo, consegue um excelente resultado fora de casa e se distancia do Z4 com duas vitórias consecutivas. Já o São Paulo, com mais um tropeço em casa, corre o risco de perder a sexta colocação, o que seria uma vergonha para um time com tamanho investimento.


O trabalho do técnico Cuca é péssimo, e em quase 6 meses ele não foi capaz de criar o mínimo de organização para atacar e ter um sistema defensivo sólido que não fique exposto. O São Paulo não apresenta evolução, tem um futebol muito aquém pelas peças que possui e pelos reforços que chegaram. A consequência disso é que o clube corre risco de ficar fora da Libertadores do ano que vem, algo inadmissível considerando o dinheiro que foi gasto em jogadores esse ano.


Os poucos mais de 12 mil torcedores protestaram contra o Cuca, nas redes sociais já inicia-se um movimento de tentar tirar o treinador. Por mais que seu trabalho seja muito ruim, esse é o roteiro do São Paulo nos últimos 10 anos. Há reformulação toda hora, o técnico é trocado de 6 em 6 meses, e os jogadores entram, saem e não rendem o esperado. Enquanto não houver uma organização administrativa por parte da diretoria, para seguir com convicção, uma linha de trabalho que tenha continuidade e avance, o clube seguirá acumulando fracassos e derrotas.