• Mateus Reis

SANTOS VENCE CHAPECOENSE E DORME PROVISORIAMENTE NA LIDERANÇA DO BRASILEIRÃO

Chapecoense recebeu o Santos na Arena Condá, nesta noite de sábado (31) as 19 horas. A partida foi válida pela 17º rodada do campeonato Brasileiro com vitória do Peixe, que contou com o gol contra do zagueiro Gum.


Foto: Tarla Wolski/Futura Press


O Verdão do Oeste entrou em campo com um esquema tático diferente, usando três zagueiros, um padrão semelhante ao esquema do adversário. A definição por essa formação foi pelo motivo do Santos chegar ao setor ofensivo sempre com 5 ou 6 jogadores, e para não dar espaço ao time paulista o técnico Emerson Cris optou por colocar um terceiro homem de marcação em sua defesa e entrou com o esquema: 5-4-1.


O Peixe até estava contando com muitos jogadores em seu setor ofensivo, procurava fazer uma pressão inicial, mas sem muita contundência e de certa maneira não surtiu muito efeito. Até então era uma partida equilibrada sem grandes chances para ambos os times. Porém, pouco antes de fazer seu gol, a torcida do Santos ficou apreensiva quando o VAR, foi acionado para ver um possível pênalti de Lucas Veríssimo em cima de Everaldo. O árbitro foi até o vídeo verificar se houve alguma falta na área de fato, e chegou à conclusão que tinha sido apenas um lance normal. E, enfim a os 38 minutos de jogo, após um início de jogada irregular que começou na ponta direita com Victor Ferraz (que recebe em impedimento) tocou para seu companheiro e ele acabou perdendo a bola para a defasa da Chape, que tenta sair jogando e saiu mal. A bola chega até Felipe Jonatan que toca para Soteldo, o venezuelano cruza e Gum desvia para o próprio gol, fazendo assim tirar o zero do placar. Vale ressaltar e deixar claro que como o bandeirinha não marcou impedimento quando Ferraz recebeu a bola, o VAR, não poderia mais ser acionado pelo fato dos jogadores da Chape tocar na bola.


Foto: Reprodução


O segundo tempo começou e com ele vieram mudanças dos dois times, que queriam mudar a história jogo até então. Sampaoli, colocou Alisson e Carlos Sánchez nos lugares de Derlis González e Felipe Jonatan. A ideia inicial do técnico argentino era segurar a pressão que viria do Verdão e conseguir ter mais posse de bola no meio de campo. Já Emerson tirou seu zagueiro (Rafael Pereira) e colocou um homem de área (Henrique Almeida) para fazer companhia a Everaldo. O time catarinense até estava conseguindo sufocar e chegar bem ao ataque, mas sem causar grandes perigos ao gol defendido por Éverson. Após um início de segunda etapa se defendendo mais, o Peixe então saiu para o ataque e criou as duas melhores oportunidades com Sasha que acabou parando em Tiepo.


A equipe da Vila Belmiro, fez hoje algo que não costuma fazer, que é se fechar e sair no contra-ataque (já que é um time que prioriza a posse de bola). Com o triunfo desta noite o Peixe encerra um período sem vitória dentro do campeonato e de quebra assume provisoriamente a liderança da competição. Vale lembrar que para o próximo confronto contra o Atlhetico-PR, o Santos não vai contar com seus laterais Jorge (Seleção) e Victor Ferraz suspenso, além de Aguilar e Soltedo convocados para suas respectivas seleções.

© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud